Notícia Destaque Notícias da Diocese

4ª Caminhada pelas Famílias acontece neste sábado em Itapetininga

A 4ª Caminhada pelas Famílias acontece neste sábado (10/08), em Itapetininga (SP). O evento é promovido pela Pastoral Familiar e conta com o apoio de outras pastorais e movimentos com expressões relacionadas à família. Este ano a caminhada recorda o tema da Campanha da Fraternidade de 1994, “A família, como vai?”, que completa 25 anos.

Segundo o coordenador diocesano da Pastoral Familiar, Nelci O. Motta, as famílias são chamadas a se concentrar em frente à Paróquia Nossa Senhora das Estrelas neste sábado (10). A saída será a partir das 14h rumo à Catedral Nossa Senhora dos Prazeres, localizada na praça Duque de Caxias, s/n, no centro. Chegando ao local, as famílias receberão uma benção especial.

Conforme o assessor nacional da Comissão Vida e Família, Padre Jorge Alves Filho, com a retomada do tema da CF 1994, “a Semana Nacional da Família deste ano quer indicar a necessidade da família vivenciar uma profunda experiência de Jesus e da sua Palavra para conseguir vencer os desafios e dificuldades que encontra em seu caminho, e assim compreender seu papel evangelizador na Igreja e na sociedade. A pergunta ‘A Família como vai?’ continua a ser também para a Igreja um desafio não só por causa da complexidade que responder a ela envolve, mas principalmente porque também o mundo parece esperar a resposta para ajudá-lo a não ferir mais a própria família que, não deixou de ser a célula da sociedade”.

Ressalte-se também que, o Papa Francisco colocou a família como o centro das intenções de oração do Apostolado da Oração para o mês de agosto. “Somos convidados a refletir sobre a iniciação à vida cristã que deve começar no seio da família, pois é nela que devemos, por primeiro, conhecer e aprender a amar a Deus”, destaca o assessor.

Tradicionalmente, a Igreja celebra em agosto o mês das Vocações: no primeiro domingo, a vocação para os ministérios ordenados (diáconos, padres e bispos); no segundo, vocação para família (pais); terceiro domingo, para a vida consagrada (religiosos e consagrados seculares) e no quarto, vocação para os ministérios e serviços na comunidade, além de ser Dia Nacional do Catequista.

Com informações da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF).

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK