“A EUCARISTIA É ALIMENTO PARA OS MURMURADORES”, DIZ PE. ROGÉRIO

“A Eucaristia é o alimento para os murmuradores, que somos nós”, disse Pe. Rogério José Pereira, em sua homilia na Igreja de Santo Antonio. A Santa Missa celebrada nesta segunda-feira (1º/06) às 19h, marcou o início do Tríduo em preparação à solenidade de Corpus Christi. Na primeira leitura e no Evangelho de João, o Padre destacou a murmuração do povo de Deus que se repete no velho e no novo testamento.

Murmuração

Pe. Rogério citou que, assim como diz o Papa Francisco, devemos comungar humildemente como pecadores que somos, sem fazer juízo, pois a “Eucaristia não é alimento para os perfeitos. Por isso, precisamos dEle para vencer as murmurações, limitações e tentações”.

Confira em nossa galeria de fotos como foi o 1º dia do Tríduo.

Viver o presente

Ele citou ainda, que a Eucaristia “realiza uma atualização em nossas forças, uma vez que, o celebramos o sacrifício do altar que acontece hoje e todos os dias. É alimento para aqueles que querem viver o presente e precisam parar de olhar para o passado”, e frisou, “o ontem não pode intervir e determinar nada em minha vida”.

Alimento que dá Vida

SiteDiocese_Ariana_Ayres (35)Antes de encerrar, Pe. Rogério recordou os fieis de que o Corpo de Cristo é alimento que dá a vida. “Mas para conhecer seu sabor é preciso comê-lo, experimentá-lo”, afirmou. De acordo com o Padre, as passagens do Êxodo e do Evangelho de João revelam que precisamos nos esforçar para entender o que o Senhor quer de nós; o maná caiu do céu, mas eles não sabiam o que era e só poderemos nos fortalecer se nos alimentarmos da Eucaristia.

Ao concluir, reforçou: “muitas vezes só descobrimos que aquele alimento é saboroso quando temos fome ou quando não podemos comer”.

Fotos: Diocese de Itapetininga/Ariana Ayres