Rádio Conexão Católica

AUDIÊNCIA: A SAUDAÇÃO AOS CHINESES E AOS CRISTÃOS PERSEGUIDOS

Nas saudações aos grupos presentes na Praça S. Pedro, na Audiência Geral, Francisco citou de modo especial o recém-eleito Presidente da Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), o Cardeal Rubén Salazar Gómez, Arcebispo de Bogotá e Primaz da Colômbia, desejando-lhe bom trabalho.

O Papa recordou que em 24 de maio, os católicos na China rezarão com devoção à Bem-Aventurada Virgem Maria, Auxílio dos Cristãos, venerada no Santuário de Shesham, em Xangai. Neste Santuário, a imagem de Maria levanta seu Filho, apresentando-o ao mundo em gesto de amor e de misericórdia.

“Também nós pediremos a Maria que ajude os católicos na China a serem sempre testemunhas críveis deste amor misericordioso em meio a seu povo e a viver espiritualmente unidos à rocha de Pedro sobre a qual a Igreja foi construída.”

Francisco citou ainda uma iniciativa promovida pela Conferência Episcopal Italiana, que propôs às Dioceses uma vigília de oração, por ocasião de Pentecostes, pelos cristãos exilados ou mortos por causa da fé. “São mártires”, acrescentou.

“Faço votos que este momento de oração aumente a consciência de que a liberdade religiosa é um direito humano inalienável, aumente a sensibilização sobre o drama dos cristãos perseguidos no nosso tempo e que se ponha fim a este crime inaceitável.”