Rádio Conexão Católica

Católicos e luteranos juntos na defesa e promoção da justiça social

“Como duas organizações cristãs mundiais trabalhando pela dignidade humana e justiça social, decidimos dar as mãos”.

Esta é a principal mensagem da Declaração de Intenções entre a Caritas e o Serviço Mundial luterano firmada na tarde desta segunda-feira (31/10), em Malmö, na Suécia, ao final do evento ecumênico com a presença do Papa Francisco.

“Para trazer esperança. Para testemunhar e agir juntos, sem exclusão. E para convidar nossos membros para que se engajem também localmente”, prossegue o texto da declaração.

Dentro dos objetivos principais deste trabalho conjunto estão: a criação de oportunidades; o comprometimento para cooperar onde for apropriado; partilhar ensinamentos, desafios e oportunidades; assegurar que membros, pessoal e voluntários entendam a Declaração de Intenções e trabalhem juntos em harmonia e colaboração.

Áreas de atuação

A Caritas e o Serviço Mundial luterano se comprometem ainda em trabalhar unidas no auxílio a refugiados, deslocados internos e migrantes; na construção da paz e da reconciliação; resposta humanitária; implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e programas e ações entre as confissões.

Para analisar a aplicação concreta dos mecanismos de cooperação, encontros anuais serão realizados também para planejar ações futuras.

A Caritas e o Serviço Mundial já trabalharam juntos em diversas ocasiões nas últimas décadas em vários países contra a pobreza e crises humanitárias.

Atualmente a Caritas, “braço social e de justiça” da Igreja, é uma confederação presente em 200 países e territórios representada por 165 organizações nacionais.