Rádio Conexão Católica

“CORPO E SANGUE DE CRISTO SÃO SINAIS DA NOVA ALIANÇA”, DIZ DOM GORGÔNIO

“Corpo e Sangue de Cristo são sinais da nova aliança entre Deus e o povo”, afirmou Dom Gorgônio em sua homilia na Missa de Corpus Christi, nesta quinta-feira (4). A celebração realizada na Catedral Nossa Senhora dos Prazeres, no período da tarde, reuniu fieis de todas as Paróquias de Itapetininga, lotando o local. Ele destacou também, quatro palavras: presença, alimento, comunhão e missão.

Presença

Conforme o Bispo Diocesano, “celebramos na Eucaristia a presença viva de Jesus, que se faz presente na comunidade, na palavra proclamada, no pão e vinho consagrados nos comunica a Vida, para que no amor e santidade possamos nos tornar sinais de sua presença e nos conformar ao jeito de Cristo”.

IMG_3398Alimento

“Quem come do meu corpo e bebe do meu sangue, viverá para sempre”, destacou o Bispo. Segundo ele, a Eucaristia é o alimento que nos dá coragem para viver a fé e que ajuda a suplantar o mal e viver o amor, além disso, nos dá o penhor da Vida Eterna.

Comunhão

Comer do mesmo pão, beber do mesmo cálice, explica Dom Gorgônio, significa expressar a nossa comum união, ou seja, comunidade. “A Eucaristia é a expressão da união de Jesus à nossa unidade; não importa a cor, raça, língua, estamos em comunhão com o amor de Cristo”, reforça.

Missão

Por último, ele destaca o aspecto da missão. Para o Bispo, a Eucaristia é a fonte da missão, porque quem se alimenta de Cristo é impulsionado a fazer o bem ao outro e à família. “Lembremos que, ao dar sua benção no fim da Missa, o Padre está nos enviando. A Missa não termina neste gesto, pelo contrário, nos envia a vivê-la na prática em nossa família e comunidade, acolhendo, perdoando, servindo e vivendo na partilha, no amor e na paz”.