Rádio Conexão Católica

EM TATUÍ, DNJ REUNIU 1,2 MIL JOVENS DE 17 CIDADES

No último domingo (1/11), Solenidade de todos os Santos, a juventude da Diocese esteve reunida em Tatuí para celebrar o Dia Nacional da Juventude (DNJ). O encontro começou pela manhã com a realização da Santa Missa que foi presidida pelo Bispo diocesano, Dom Gorgônio, na Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus. De acordo com a organização do evento, em torno de 1,2 mil jovens participaram das atividades promovidas pelo Setor Juventude e dezessete cidades foram representadas.

DNJ2015-Tatuí (6)
Dom Gorgônio durante a Santa Missa

Em sua homilia, Dom Gorgônio disse estar muito feliz com a grande quantidade de jovens presentes no evento e que isso mostra a força da juventude diocesana. O Bispo afirmou também a necessidade de os jovens ajudarem na construção de uma sociedade melhor. Após a celebração, por volta das 10h30, os participantes caminharam rumo à concha acústica de Tatuí debaixo de uma garoa. E nem a chuva inibiu a participação deles.

Caminhada-DNJ2015
Juventude caminhou rumo a concha acústica

Na concha acústica, a juventude assistiu a várias apresentações. Entre elas, conforme Bruno Campos –, um dos organizadores do DNJ, destacaram-se os shows de evangelização, a apresentação de dança do Setor Juventude de Tatuí e da peça teatral do Ministério de Teatro “Filhos do Céu” (Angatuba). Bruno conta que, a Comunidade Recado iniciou o período da tarde com um show dinâmico e de evangelização, logo após a apresentação de dança mostrou a realidade do mundo atual e que Deus sempre vence.

DNJ2015-Tatuí (12)
Cena da peça “A Culpa é do Anjo”, do grupo “Filhos do Céu”

Entre os shows, houve a apresentação da peça “A culpa é do anjo” e, na sequência, a Banda Arkanjos subiu no palco e envolveu a todos com muita alegria e animação. No encerramento do evento, durante show da Banda Arkanjos, Pe. Francisco Roberto da Silva expôs o Santíssimo Sacramento, para um breve momento de adoração. Segundo Bruno, a adoração “fechou o encontro com chave de ouro”.

Para o assessor eclesiástico do Setor Juventude, Pe. Márcio Almeida, este foi um dos melhores DNJ’s. O assessor ressaltou que, “mais importante do que a boa organização com que foi realizado o evento e o belo trabalho apresentado em cada uma das atividades realizadas, foi presenciar a união com que a juventude dos diversos movimentos e pastorais abraçaram o DNJ e como esta aproximação quebrou barreiras entre eles. Estou muito feliz com este resultado”.

O DNJ contou também com a presença dos Padres Sirlei Aparecido de Oliveira e Luiz Omar Batista dos Reis, Paróco da Paróquia Santa Terezinha, além de alguns Seminaristas.

Fotos: Equipe DNJ