Eu posso entrar com um processo de nulidade matrimonial sem saber o endereço do(a) ex-cônjuge?

No início do processo, a parte demandada (ex-cônjuge) deverá ser notificada da existência do processo e para ter conhecimento das alegações formuladas pela parte demandante (pessoa que entrou com o processo). Ela terá a possibilidade de contestar, se manifestar, arrolar testemunhas e se defender, se for o caso. Por isso, será muito útil oferecer o endereço da parte demandada para ser notificada. Caso não haja endereço ou esteja desatualizado, serão empreendidos todos os esforços para localizar a parte demandada. Em último caso, ela pode ser citada por edital. Mas, se for citada por edital e o processo prosseguir, e, se for provado que ela poderia ser localizada e que lhe foi negado o direito de defesa, todos os atos processuais serão nulos.