Rádio Conexão Católica

PAPA CONDENA “ATO HEDIONDO” NA TURQUIA

O Papa enviou uma mensagem de solidariedade ao presidente da Turquia após o atentado de domingo que vitimou 37 pessoas na capital Ancara, classificando-o como um “ato hediondo de violência”.

“Profundamente entristecido ao saber da trágica perda de vidas provocadas pelo ataque a bombas em Ancara, o Papa Francisco manifesta ao povo turco a sua proximidade espiritual e solidariedade”, refere o telegrama de pesar divulgado assinado pelo secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin e divulgado na segunda-feira (14/03) pela Sala de Imprensa da Santa Sé.

O texto foi endereçado ao Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

O Papa “reza pelo descanso eterno das vítimas” e por todos os que choram a sua perda, bem como pela “recuperação dos que foram afetados” pelo atentado. Francisco agradece ainda o “generoso serviço” prestado pelas equipes de socorro e as forças de segurança, invocando “os dons divinos da paz, da cura e da força” para a Turquia.

O ataque de domingo foi o terceiro atentado suicida em seis meses. Pelo menos 37 pessoas morreram e mais de uma centena ficaram feridas quando um carro-bomba bateu contra a traseira de um ônibus, na capital turca.