Rádio Conexão Católica

Papa Francisco ao jornal “La Stampa”: descrever o oceano de bem que age no mundo

O Papa Francisco enviou mensagem ao jornal italiano “La Stampa” em ocasião dos seus 150 anos. O texto foi publicado na edição desta quinta-feira (9) e o Santo Padre fez votos de que o cotidiano de Turim continue descrevendo o mundo em que vivemos na sua “complexidade, sem nunca esquecer aquele oceano de bem que nos faz olhar para o futuro com esperança”.

O Papa se referiu ao mundo deste início de ano que se apresenta com “conflitos, violência, ódio, terrorismo, ataques armados imprevisíveis”, mas que não podem “nos roubar a esperança. Porque se o mal aparece como uma ameaça e invasivo, existe o bem, um oceano de bem, que age no mundo”.

Vencer a “globalização da indiferença”, para o Papa, significa vencer “a petrificação do coração que faz a gente se acostumar com as auto bombas terroristas, onde quer que explodam e com a sua contabilidade brutal de morte, com os migrantes que se afogam no Mediterrâneo sobre os navios transformados em caixões, com os moradores de rua que morrem de frio nas nossas ruas sem nem mesmo virarem notícia. Assim vamos nos degradando pouco a pouco: ninguém nos pertence e nós não pertencemos a ninguém. Ao contrário, a vida nos foi dada e somos convidados a compartilhá-la nesta casa comum, interessando-nos uns pelos outros”, disse o Pontífice.

Papa Francisco concluiu dizendo que “é fundamental procurar soluções integrais para combater a pobreza, para restituir a dignidade aos excluídos e, ao mesmo tempo, cuidar da natureza a partir daquela que nela mora e que é mais preciosa, a vida humana”.