Rádio Conexão Católica

Papa recebe Martin Scorsese após apresentação de “Silêncio”

O Papa Francisco recebeu na residência pontifícia, no Vaticano, na manhã desta quarta-feira (30/11), o cineasta estadunidense Martin Scorsese, sua esposa e duas filhas, junto com o produtor do filme “Silêncio” e sua consorte, acompanhados pelo Prefeito da Secretaria para as Comunicações, Mons. Dario Edoardo Viganò.

O encontro com o pontífice durou cerca de quinze minutos. O Papa disse aos presentes que leu o livro “Silêncio”, do autor japonês Shusaku Endo, que inspirou o último filme do cineasta. Falou também sobre a “semeadura” dos jesuítas no Japão e sobre o “Museu dos 26 mártires” cristãos desse país, franciscanos e jesuítas, martirizados em 1597.

O diretor de cinema presenteou o Santo Padre com dois quadros ligados ao tema dos “cristãos escondidos”, um deles representando uma imagem muito venerada de Nossa Senhora, obra de um artista japonês do século XVIII. O Papa doou aos hóspedes alguns rosários.

O filme ‘Silêncio’ foi apresentado, esta terça-feira (29/11), pela primeira vez, no Pontifício Instituto Oriental, em Roma, para mais de 300 jesuítas.