Notícia Destaque Notícias da Diocese

Relíquia da Santa Cruz sobrevoará Cesário Lange neste sábado

Neste sábado (18/04), às 09h, o Pároco da Paróquia Santa Cruz, Pe. Cristiano José Benedito Chicuta sobrevoará o céu de Cesário Lange (SP) abençoando a cidade com a relíquia do Santo Madeiro da Cruz. De acordo com a secretaria, os sinos de todas as igrejas do município irão tocar, anunciando a bênção com o Sagrado Madeiro pelo qual Jesus nos salvou. “Convidamos todos a saírem em seus quintais a fim de receber as bênçãos que serão derramadas sobre nossa cidade”, motiva.

A relíquia da Cruz de Cristo para nós cristãos não é um sinal de condenação, mas sim de libertação. Estamos no período Pascal, é sinal visível maior de libertação e da Páscoa que, nada melhor que usar desse bem tão grande que temos em nossa paróquia para clamar a bênção de Deus sobre nossa cidade, pedindo para afastar-nos de todos os males e pestes e, proteger nosso povo“, declara o Pároco.

A veneração pública da relíquia acontece de segunda à sexta-feira das 08h às 17h e, aos sábados, das 08h às 12h. A Paróquia Santa Cruz está localizada na praça Pe. Adolfo Testa, 01, no centro de Cesário Lange (SP).

História da Relíquia

Em 1962, durante a primeira sessão do Concílio Vaticano II recebemos das mãos de São João XXIII os fragmentos da Vera Cruz de Nosso Senhor. O santo se mostrou admirado com a presença do jovem bispo auxiliar Dom José Thurler em meio aos bispos mais velhos do estado de São Paulo. Dom José estava representando Dom Carlos de Aguirre – 1º Bispo de Sorocaba – que já se encontrava com 82 anos de idade.

Trono ou centro do relicário, onde estão os fragmentos da Cruz de Jesus

O Papa questionou sua presença e quis saber um pouco mais de onde vinha. Dom José então diz a São João XXIII que vinha da grande Diocese de Sorocaba, cujos limites iam do Vale do Ribeira até a divisa com a Diocese de Botucatu (onde se encontra Cesário Lange) e, aproveitando o ensejo, o Bispo conta também que a cidade da divisa fora emancipada recentemente e os fiéis daquela freguesia estavam erguendo uma nova igreja matriz, tão grande quanto a catedral do bispado. Admirado com o fato de uma pequena “vilazinha” na divisa diocesana estar construindo uma igreja tão grande quanto a catedral, Sua Santidade questionara qual seria o santo padroeiro daquela região. Dom José responde afirmando se tratar da Paróquia de Santa Cruz, cuja nova matriz se inspirava na Basílica de Santa Cruz de Jerusalém, em Roma, em formato de cruz latina.

Ao final da reunião, São João XXIII delega ao Cardeal Clemente Micara, vigário da Diocese de Roma, que fosse até a Basílica de Santa Cruz e presenteasse a Paróquia com uma pequena relíquia do Sagrado Madeiro – o mesmo encontrado por Santa Helena durante as escavações ao monte calvário em 326, como um “mimo” de Sua Santidade àquela pequenina cidade de grande fé.

Significado do Relicário

O Relicário

A base representa Cesário Lange e é onde repousa a terra de Passa Três. As flores sobre a base representam o dia da fundação e da primeira Santa Missa nestas terras – 12 de dezembro de 1878 – na fundação da Vila e da Capela de Santa Cruz do Passa Três no dia de Nossa Senhora de Guadalupe, que como sinal de sua aparição pediu ao índio Juan Diego que subisse ao Tepeyaque e colhesse flores em pleno inverno mexicano.

Os raios do centro representa o Sol e seus raios, significando Cristo “Sol nascente que nos veio visitar, lá do alto, como luz resplandecente, luz que nos tira das trevas”, seus raios se espalham sobre nossa cidade e o mundo todo.

O Trono no centro, é onde repousa a Relíquia da Santa Cruz de Cristo, doada por sua santidade o papa, hoje São João XXIII.

Os braços e a haste vertical da Cruz relicário representam os três rios que cortam a cidade de Cesário Lange e que lhes deram o nome de Passa Três. No topo da haste vertical repousam as águas do Rio Aleluia. Na extremidade do braço direito repousam as águas do Rio Guarapó. Na extremidade do braço esquerdo repousam as águas do Rio das Pedras.

Com informações e fotos da Paróquia Santa Cruz.

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK