Tribunal Eclesiástico de Itapetininga promove formação

Neste sábado (03/11) será realizada a formação anual dos ministros do Tribunal Eclesiástico de Itapetininga. O encontro que, acontecerá na Cúria Diocesana de Itapetininga, inicia às 7h30 com o café da manhã e termina por volta das 16h. Todos os ministros do Tribunal Eclesiástico foram convocados para participar.

O assessor do encontro é o Diácono Mauro José de Almeida, que é diácono permanente da Diocese de Jundiaí. Ele é Procurador de Justiça aposentado (Ministério Público do Estado de Minas Gerais) e advogado atualmente. Mauro é mestre e doutor em Direito Canônico, professor dessa matéria no Instituto Teológico São João Paulo II, em Sorocaba (SP) e, professor na Faculdade de Direito Canônico, em São Paulo (SP). Além disso é membro do Conselho de Ética em Pesquisas da Faculdade de Medicina de Jundiaí; já foi Defensor do Vínculo e atualmente, é Juiz no Tribunal Eclesiástico Arquidiocesano de Sorocaba.

O tema formativo proposto versa sobre o cânone 1095 do Código de Direito Canônico, que trata da incapacidade para contrair matrimônio por parte daqueles que não tem suficiente uso da razão, dos que tem grave falta de discrição de juízo em relação aos direitos e obrigações do matrimônio ou daqueles que são incapazes de assumir as obrigações do matrimônio, por causas de natureza psíquica.

Caso alguém tenha interesse em participar da formação, se aprofundar nessa área e auxiliar nas atividades do Tribunal Eclesiástico, poderá se inscrever até esta quinta-feira (01/11), com a senhora Adriane Drumond, secretária do Tribunal, pelo fone 3271-2350, em horário comercial.