Rádio Conexão Católica
Rádio Conexão Católica

12 de outubro – Dia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Celebramos nesta terça-feira, dia 12 de outubro, a Solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Mais uma vez o povo brasileiro é convidado a voltar-se para a imagem da padroeira do Brasil pedindo sua intercessão por toda a nação.

Peçamos uma vez mais a proteção da Mãe Aparecida para que nos livre da pandemia da Covid-19 e que possamos voltar a nossa vida normal. Que Nossa Senhora da Conceição Aparecida reconforte todas as famílias que perderam seus entes queridos durante essa pandemia e reanime através da fé tantas pessoas que estão desanimadas e sem ânimo devido à pandemia.

Dia 12 de outubro é feriado nacional, pois é o dia da Padroeira do Brasil, em que somos convidados a participar da Missa, pedindo a proteção da Mãe Aparecida. Nesse dia de Nossa Senhora Aparecida é, também, Dia das Crianças. Peçamos à Mãe Aparecida que abençoe e proteja todas as crianças.

Nossa Senhora Aparecida é mais um título dos inúmeros que damos a mãe de Jesus. Onde ela aparece, ela recebe um título. Assim como temos a Nossa Senhora de Lourdes, que apareceu em Lourdes, na França, Nossa Senhora de Fátima, que apareceu em Fátima, em Portugal. Nossa Senhora Aparecida é uma imagem de Nossa Senhora da Conceição que “apareceu” do fundo do Rio Paraíba, em Guaratinguetá, em 1717.

Sempre quando Nossa Senhora aparece é no intuito de revelar algo às pessoas ou para ajudar alguém que se encontra num momento de dificuldade. Nossa Senhora da Conceição Aparecida aparece no Rio Paraíba do Sul para ajudar três pescadores que tinham que pescar peixes para o patrão que iria preparar um grande jantar a noite para o Conde de Assumar, Pedro de Almeida e Portugal, governador da Capitania de São Paulo e Minas de Ouro; e não estavam encontrando peixes e, após acharem a imagem no rio, realizam uma pesca milagrosa. Primeiro acham o corpo e depois a cabeça. Era a imagem de Nossa Senhora da Conceição, que depois foi dado o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Nossa Senhora da Conceição Aparecida representava a cor do povo brasileiro sofrido da época e veio em socorro, sobretudo, dos escravos, que sofriam muito nas mãos de seus senhores na época. A imagem era escura por ter ficado um certo tempo no fundo do Rio Paraíba do Sul e de um rio que estava sem peixes. Esse rio se torna vivo, cheio de peixes, após a aparição da imagem milagrosa.

Onde apareceu a imagem, que era o município de Guaratinguetá, tempo depois se torna o município de Aparecida, capital católica da fé, dividindo assim os municípios. A cidade leva o nome de onde apareceu a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Após aparecer a imagem e a Igreja aprovar a devoção à mãe de Jesus, foi constituída uma capela para que os devotos pudessem orar à mãe de Jesus. Conforme a devoção foi crescendo, foi construída a Basílica Velha e, tempos depois, foi edificado o maior Santuário mariano da América Latina, que é a Basílica Nova.

Nos dias atuais, o Santuário Nacional recebe milhares de fiéis e romeiros durante todo o ano e, sobretudo, nos dias de festa da Padroeira do Brasil. O povo brasileiro recorre à Mãe Aparecida pedindo proteção para as suas vidas e pela vida de seus familiares. Façamos esse pedido à Mãe Aparecida, para que ela interceda por todos nós.

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)