20 mil jovens formarão a “Guarda do Papa” no Peru

Seguem os preparativos para a chegada do Papa Francisco ao Peru em 18 de janeiro de 2018.

Já foram identificados em Lima dois locais aptos a acolher entre 2 e 5 milhões de pessoas. Uma “guarda do Papa” formada por 20 mil jovens voluntários dará apoio e assistência aos fieis durante os encontros com o Papa.

À espera de aprovação

“Existem poucos locais em Lima” capazes de reunir multidões, “porém em Roma já se sabe quais são e estamos à espera da aprovação”, declarou à RPP Noticias o Diretor da Comissão organizadora do Arcebispado de Lima, Padre Luis Gaspar Uribe.

Em Lima o Papa terá dois encontros que deverão reunir milhares de fieis: um deles com os jovens e o outro com as famílias e a população no geral.

Comissões vaticanas

Uma das Comissões do Vaticano encarregada das viagens pontifícias já esteve no Peru há dois meses, para avaliar os locais aptos a receberem os eventos com o Papa. Dias mais tarde foi a vez dos encarregados das medidas da segurança visitarem o país andino.

“Estas comissões levam suas informações e o Vaticano as analisa. Logo, vem a aprovação do programa”, comentou Padre Gaspar.

Voluntários formarão “Guarda do Papa”

O sacerdote também anunciou que mais de 20 mil jovens voluntários farão parte da “Guarda do Papa”, que dará apoio logístico durante a visita do Pontífice ao país.

A “guarda” será formada por jovens de boa vontade de todos os estratos sociais, e estarão encarregados de ajudar as pessoas que participarão dos encontros com o Papa Francisco em Lima, Trujillo e Puerto Maldonado.

“Papa vem como um pai”

“O Santo Padre não vem como um artista, não vem dar um show, fazer teatro ou participar de um circo. Ele vem como um pai que visita seus filhos”, sublinhou Padre Gaspar.

Site

O sacerdote antecipou que na primeira semana de agosto será lançado o site sobre a visita, onde estará disponível, entre outros, um espaço para a inscrição dos jovens que queiram fazer parte da “guarda”.

“Uma das características em todas as visitas dos papas são os jovens”, observou.

O Papa deverá chegar ao Peru no final da tarde do dia 18. No dia seguinte irá à Puerto Maldonado.  Em 20 de janeiro passará o dia em Trujillo, enquanto que o domingo 21 será dedicado à capital Lima.