Rádio Conexão Católica

Após decisão do STF, Paróquias celebram Missa de Páscoa com presença de fiéis

Missa de Páscoa – Catedral Nossa Senhora dos Prazeres

Após decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Kassio Nunes Marques de liberar a realização de cultos, missas e demais celebrações religiosas no país em meio as medidas restritivas para a Covid-19,  a Diocese de Itapetininga, por meio do Bispo Diocesano, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, CR, decidiu realizar a Santa Missa de Páscoa com a presença de fiéis, porém estabeleceu protocolos sanitários de prevenção relativos a limitação de pessoas na Igreja (25% de sua capacidade), o uso obrigatório de máscaras, distanciamento e higienização das mãos.

A decisão ocorreu na véspera do domingo de Páscoa, uma das principais datas do calendário cristão, quando se celebra a ressurreição de Jesus Cristo. O ministro atendeu a um pedido de liminar (decisão provisória) feito pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure). Para a entidade, o direito fundamental à liberdade religiosa estava sendo violado por diversos decretos estaduais e municipais que proibiram os cultos de forma genérica. A Anajure argumentou que tais normas tratavam a religião como atividade não essencial, o que seria inconstitucional.

Após o anúncio da liberação da presença de fiéis para a Santa Missa, Padres de nossa Diocese usaram as redes sociais para divulgar a nova decisão e convidar todo povo de Deus para participarem das celebrações eucarísticas. O Bispo Diocesano, Dom Gorgônio, presidiu a Santa Missa na Catedral Nossa Senhora dos Prazeres em Itapetininga.

 

Fotos: William Furtado (Pascom Catedral)

Informações: Agência Brasil