Rádio Conexão Católica

Áustria: Associações pedem ao Governo esforço contra perseguições anticristãs

A Associação Austríaca das Associações Católicas (Akv/Gab, sigla em alemão) lançou um apelo ao Ministro do Exterior do Governo Federal, Sebastian Kurz, para colocar na ordem do dia da política internacional do país as perseguições anticristãs no mundo.

Os fatos ocorridos em 2015 e 2016 estão entre “os piores na história da Igreja”, afirmou o Presidente da AKV, Helmut Kukacka, no apelo lançado no último domingo por meio da imprensa nacional.

O motivo do apelo ao Ministro Kurz é que, a partir de 1º de janeiro de 2017, a Áustria assumirá a Presidência da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (Osce)

“A ênfase precisa da visão cristã da Europa é a de oferecer ajuda aos cristãos que na Europa chegaram como refugiados, e é necessário um apoio moral e político para que a presença cristã em seus países prossiga no futuro”, disse Kukacka.

Segundo a AKV, Kurz deverá usar o seu futuro papel dentro da Osce para desenvolver “um papel chave contra as perseguições e para garantir que este problema torne-se uma preocupação primária das políticas europeias”.

O Ministro do Exterior austríaco, declarou que “o fortalecimento dos direitos humanos será uma prioridade da presidência austríaca na Osce” e “a opressão à fé é declarada incompatível com a dignidade humana”.

O apelo foi dirigido também à Ján Figel, nomeado em maio deste ano como “representante especial da EU para a liberdade religiosa no mundo”.

Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa

Com 57 Estados participantes da América do Norte, da Europa e da Ásia, a OSCE é a maior organização regional para a segurança no mundo, empenhada em garantir a paz, a democracia e a estabilidade a mais de 1 bilhão de pessoas.