Rádio Conexão Católica

BEATO PADRE VICTOR, PRIMEIRO PADRE EX-ESCRAVO DO BRASIL

Cerca de 100 mil pessoas irão à cidade de Três Pontas, em Minas Gerais, neste sábado (14/11), para participarem da beatificação de Pe. Victor, o “Anjo Tutelar” dos três pontanos. Vencendo todos os preconceitos e barreiras sociais da sua época, marcada pela escravidão, Pe. Victor se tornou o primeiro Padre ex-escravo do Brasil.

Nascido em Campanha , no dia 12 de abril de 1827, era filho da escrava Lourença Maria de Jesus. Vocacionado, procurou Dom Antônio Ferreira Viçoso, Bispo de Mariana, manifestando-lhe o desejo de ser Padre. Assim, o jovem dirigiu-se ao Seminário de Mariana – MG, e foi ordenado em 1851. Visitava doentes, amparava os inválidos, zelava pela infância desvalida, atendia a população em suas necessidades. A sua dedicação e virtudes o fizeram admirado por todos; com zelo e carinho, colocou-se acima de todas as críticas. Procurou catequizar e instruir o seu povo, chegando a criar a escola “Sagrada Família”, com uma organização perfeita. Padre Victor instruiu muitos filhos de famílias humildes, fazendo deles grandes homens de cultura, que passaram a viver da inteligência, nas mais variadas profissões.

Padre Victor pregou, pelo exemplo, a fé, a esperança, a fortaleza, a prudência, a justiça, a obediência, a castidade, a temperança, a humildade, o temor a Deus e, sobretudo, a caridade. Amava a Deus na pessoa do seu semelhante, de modo especial nos mais pobres. Os paroquianos, em suas necessidades, recorriam a ele. “Padre Victor vivia de esmolas e dava esmolas”. Faleceu no dia 23 de setembro de 1905.