Consagração Definitiva de Irmã Célia Apolinário acontece neste domingo (27) em Tatuí

Com o lema “Mais que tudo vale a vontade de Deus”, a Irmã Célia Luci Apolinário, fará no próximo domingo (27), a sua Consagração Definitiva como religiosa da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria. A Santa Missa com o rito de consagração será realizada na Paróquia Nossa Senhora das Graças em Tatuí. A celebração eucarística será presidida pelo Bispo da Diocese de Itapetininga, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, a partir das 16h.

Com a mão sobre a Palavra de Deus, a jovem Irmã assumirá para sempre os conselhos evangélicos de pobreza, castidade e obediência, ou seja, seus votos perpétuos.

Consagração Definitiva é a decisão amadurecida de uma religiosa. Após o período do juniorado e com a solidificação da experiência da consagração religiosa em comunidade, a Irmã assume a consagração e o Carisma deixado pela fundadora, a Bem-Aventurada Bárbara Maix, para toda a vida.

A Santa Missa também será transmitida ao vivo pelo Facebook e Youtube da Congregação, pelo Facebook da Paróquia Nossa Senhora das Graças e Facebook oficial da Diocese de Itapetininga.

Irmã Célia Luci Apolinário, nasceu no dia 25 de julho de 1970, em Tatuí, São Paulo. Dos 12 filhos, Célia é  a oitava filha do casal:  Acácio Apolinário (em memória) e Ana Rosa de Amorim Apolinário.

Iniciou sua vida cristã na Capela São Vicente de Paulo na Paróquia Nossa Senhora das Graças em Tatuí. Em agosto de 2013 iniciou sua caminhada  vocacional com as Irmãs do Imaculado Coração de Maria, como Aspirante, na  Comunidade da Sede Provincial, São Paulo.

Em fevereiro de 2014 começou seu Postulado no Educandário São José do Belém, no Bairro Belenzinho – São Paulo e em Janeiro de 2015, ingressou ao noviciado, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul.

Fez sua 1ª Profissão Religiosa, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, no dia 16 de dezembro de 2016. E foi enviada em Missão na Comunidade Margarida Maria Alves, onde assumiu a Coordenação Arquidiocesana da Pastoral da Criança em João Pessoa, na Paraíba onde permanece em missão até o momento.

Neste domingo (27), Irmã Célia Luci Apolinário, faz sua CONSAGRAÇÃO RELIGIOSA  DEFINITIVA, no dia do aniversário da Bem-Aventurada Bárbara Maix, fundadora da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, a qual Ir. Célia pertence.

Irmã Célia regressará a Comunidade Margarida Maria Alves, em João Pessoa e em setembro deste ano, será enviada em Missão além Fronteira para o Haiti.

Irmãs do Imaculado Coração de Maria

A Fundadora da Congregação, Bárbara Maix, incluía, inicialmente, entre as finalidades da Congregação do Imaculado Coração de Maria, a “assistência aos enfermos”.  Previa, nas primeiras Constituições de 1843, a “visita aos enfermos, para prestar-lhes assistência religiosa, prepará-los a receber os últimos sacramentos e dispô-los a terem uma santa morte”.  Era o que, nessa época, Madre Fundadora julgava ser possível, na área da saúde.

Não tardaria a primeira oportunidade, já em território brasileiro, no ano de 1855, para as Irmãs se exercitarem nos serviços de enfermagem, propriamente ditos e não apenas, quanto à assistência espiritual.  Surgia neste ano, no Rio de Janeiro, a terrível epidemia da cólera, quando 12 Irmãs do Coração de Maria, do Rio de Janeiro, ofereceram-se generosamente, para irem cuidar dos empestados, nas enfermarias e hospitais da Província.

Nova oportunidade, surgiu com a guerra do Paraguai, iniciada em maio de 1865. Madre Fundadora oferece trabalho gratuito no atendimento aos soldados feridos, improvisando várias enfermarias, colocando os serviços enquanto durar a necessidade urgente do exército.

Foi em Dois Irmãos, dia 01 de março de 1942, que as Irmãs do Imaculado Coração de Maria assumiram o primeiro Hospital da Congregação – Sociedade Educação e Caridade. Como a Congregação foi crescendo, daquela época até hoje, as Irmãs atuaram em 36 Hospitais, próprios e de terceiros.

MISSÃO

A Fundadora da Congregação, Bárbara Maix, já dizia que devemos estar atentos aos sinais dos tempos e assumir nossa missão como Entidade, sem perder de vista o Carisma que ela nos legou. Necessitamos estar capacitados a responder aos desafios e exigências dos novos tempos, marcados por mudanças cada vez mais rápidas, mas sem perder de vista os fins da Congregação.

Nossa missão é prestar serviços Médico-Hospitalares com qualidade, buscando a capacitação do pessoal, promovendo a integração das ações para que os serviços respondam aos anseios da comunidade, onde estamos inseridos, envolvendo esta mesma comunidade nas ações em prol da saúde”.

OS PRINCÍPIOS

Os princípios que Bárbara nos deixou em 1852: “Visitarão os doentes, não só para servi-los na doença, como enfermeiras, mas principalmente para auxiliá-los espiritualmente, em proveito de suas almas”. Temos consciência de que a saúde da pessoa é sagrada e deve ser socorrida e as causas dos males físicos erradicados, quer sejam pessoais, comunitários, sociais ou estruturais. A doença afeta a vida e a dignidade da pessoa.

A sede da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria está localizado na Rua Ramiro Barcelos,1001 – Bairro Independência em Porto Alegre- RS. Acesse os site: https://www.icm-sec.org.br/