Rádio Conexão Católica

CONSELHO AVALIARÁ ANDAMENTO DE AÇÕES PROPOSTAS EM ASSEMBLEIAS PAROQUIAIS

O Conselho Diocesano de Pastoral (CDP) se reunirá neste domingo (15) a partir das 7h30, com coordenadores diocesanos de Pastorais e Movimentos na Paróquia São Roque, em Itapetininga (SP). Entre os diversos assuntos que serão abordados, o Bispo diocesano, Dom Gorgônio, destacou a avaliação das ações propostas nas Assembleias Paroquiais realizadas em 2014. “Em 2014, cada Paróquia elaborou propostas de ações concretas, a luz do Plano Diocesano de Pastoral, para realizar sua missão pastoral. Nós, agora, queremos avaliar o que foi realizado, o que está sendo desenvolvido e o que falta realizar dentro das metas que foram assumidas”, afirmou.

O CDP abordará ainda outros três temas importantes. De acordo com o Bispo, será falado sobre as Pastorais Sociais, com destaque em duas: a Pastoral da Sobriedade e a Pastoral Carcerária. A primeira, “ajuda pessoas a se libertar dos vícios, também faz um trabalho de prevenção à dependência e dá apoio às comunidades terapêuticas”, ressaltou Dom Gorgônio e completou dizendo que, a segunda, “trabalha junto às famílias de presidiários e realiza visitas aos presídios presentes em nossa Diocese. Queremos organizar pessoas que, motivadas pelo amor de Cristo, vão ao encontro daqueles que estão privados de liberdade para levar uma mensagem de esperança, fé, de amor, superação, renovação, vida e de confiança em Deus”.

O terceiro ponto da reunião do Conselho será a Campanha da Fraternidade (CF 2016). “A campanha 2016 é ecumênica e enfoca a encíclica ‘Laudato Si’ e tem como tema “Casa Comum: nossa responsabilidade”. A responsabilidade é de todos por cuidar dessa casa que Deus nos confiou, não só de preservação da natureza, de questão ambiental, mas também em vista da vida e dignidade das pessoas”. O lançamento do texto base será realizado no dia 30 de janeiro de 2016.

E para concluir a reunião, será falado sobre o Ano Santo da Misericórdia que iniciará no dia 8 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição, em Roma. “Queremos conscientizar as lideranças dessa programação que tem início em nossa Diocese no dia 12 de dezembro na Catedral e depois nas respectivas paróquias e Santuários, com uma programação especial, ajudando o povo a viver o mistério da reconciliação, do perdão, da conversão, entrando pela porta que é Cristo ao encontro desse mistério do amor de Deus e também sendo sinal do amor de Deus nas obras de misericórdia”, finalizou.

Foto: Arquivo/Diocese de Itapetininga/William Furtado