Rádio Conexão Católica

Dom Gorgônio ao Conselho: “Como ser uma Igreja misericordiosa, solidária e missionária?”

“Como ser uma Igreja misericordiosa, solidária e missionária?”. Esta foi a reflexão proposta para os coordenadores de pastorais e movimentos no último domingo (19/06) na reunião do Conselho Diocesano de Pastoral (CDP). Segundo o assessor do Conselho, Pe. Lorival de Oliveira Pedro, a indagação foi feita na reunião de março, contudo, com a recente inclusão de dois novos documentos da Igreja – “Cristãos leigos: Sal da Terra e Luz do mundo” da CNBB e a exortação apostólica “Amoris Laetittia” – a reflexão ganhou novo olhar.

De acordo com o assessor ainda, Dom Gorgônio iniciou a reunião falando da necessidade de atualizar as cinco dimensões do Plano Diocesano de Pastoral e abordou os documentos citados acima, com uma nova leitura da pergunta proposta no encontro passado: “Como ser uma Igreja misericordiosa, solidária e missionária à luz da evangelização da família e do mundo atual com os leigos e leigas?”. Os coordenadores haviam apresentado em março as urgências de cada região pastoral.

“Todo o material apresentado, as urgências, e o resultado das assembleias paroquiais serão discutidos na próxima reunião do Conselho” – informou o assessor – “além disso, no fim de setembro uma comissão se reunirá para preparar as informações para a Assembleia Diocesana que será realizada no dia 15 de novembro próximo”, destacou.

A próxima reunião do Conselho Diocesano de Pastoral será no dia 18 de setembro.

 

Foto: Diocese de Itapetininga/William Furtado