Dom Gorgônio preside celebração dos Santos Óleos em Itapetininga

Pelo segundo ano consecutivo, devido a pandemia da Covid-19, o Bispo Diocesano, Dom Gorgônio, presidiu na manhã desta Quinta-Feira (1º), Quinta-Feira Santa, a Missa Crismal, sem a presença de fiéis. A Santa Missa foi realizada na Catedral Nossa Senhora dos Prazeres em Itapetininga e  contou apenas com a presença dos Padres da Diocese, alguns Diáconos e Seminaristas.

Durante a celebração Dom Gorgônio realizou a bênção dos óleos sacramentais que consagrados serão utilizados nas Paróquias e comunidades, durante as  celebrações do batismo, na unção dos enfermos e no Crisma. Os Padres de nossa Diocese também fizeram a renovação das promessas sacerdotais.

Os Santos Óleos foram levados ao altar pelas mãos dos seminaristas Ivan Carlos, Lucas e João Victor, que serão ordenados Diáconos no próximo dia 21 de abril.

Durante a homilia, Dom Gorgônio fez uma breve reflexão e destacou que estamos vivendo a semana do amor, onde celebramos o mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, mistério de sua doação e entrega por cada um de nós, entrega da redenção e da salvação. “Deus amou tanto o mundo que enviou seu filho amado, o qual amou-nos até o fim, deu a vida por nós e não há maior amor que nos dar a vida”. comenta Dom Gorgônio.

Cristo no seu amor assumiu a nossa vida, veio ao nosso encontro, ofereceu-se por nós e está presente em todos os momentos”, continua o Bispo. Ainda na sua homilia, Dom Gorgônio, ressalta que todos nós devemos assumir a cruz de cada dia  e que todos sejam a verdadeira luz de Cristo

“Cristo veio para que todos tenham vida, e a tenham em plenitude e nós também queremos viver para promover o bem, a justiça e a paz” conclui.

O óleo dos catecúmenos concede a força do Espírito Santo àqueles que serão batizados e o da Unção dos Enfermos traz o conforto e a força do Espírito Santo para o doente no momento de aflição.

Já o óleo do Crisma, que recorda a vinda do Espírito Santo, é perfumado e ungido na fronte dos fiéis nos sacramentos do batismo e da crisma, na palma das mãos dos diáconos a serem ordenados padres e na cabeça dos padres ordenados bispos.

No final da Santa Missa, o Reitor da Basílica de São Miguel Arcanjo, Pe. Márcio Giordany, fez uso da palavra e em nome de todo o Clero desejou ao Bispo Diocesano, uma Santa Páscoa  e que a força do Cristo ressuscitado renove suas forças na missão que lhe foi dada.

Antes da Benção final, o Bispo agradeceu todos os Padres que estiveram presentes na celebração, e ressaltou que a grande alegria do Bispo é ver a comunhão de todo o presbitério. Comentou também que ainda estamos passando por tempos difíceis, mas que temos que seguir em frente com fé esperança no Cristo Ressuscitado. É tempo de muita oração, de renovar nossa espiritualidade e ter mais intimidade com Deus.

A Santa Missa foi transmitida ao vivo pela página oficial da Diocese de Itapetininga, pela página do Facebook das Paróquias e pela TVI.

Vale ressaltar que durante toda celebração os sacerdotes fizeram o uso de máscaras, sentaram-se separadamente, respeitando o distanciamento. Durante a comunhão, os padres também tiveram suas mãos higienizadas conforme as orientações das autoridades sanitárias.

 

Samuel Medeiros

 

“Em breve todas as fotos em nossa galeria”