Dom Manoel toma posse da Diocese de Registro

Dom Manoel Ferreira dos Santos, MSC, natural de Itapetininga (SP), é empossado como terceiro Bispo à frente da Diocese de Registro. A Missa de Posse do bispo itapetiningano aconteceu neste domingo (19/08), Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, às 10h, na Catedral São Francisco Xavier, em Registro (SP). Dom Manoel foi ordenado Epíscopo por Dom Gorgônio em 21 de julho deste ano, no Santuário Nossa Senhora Aparecida do Sul, em Itapetininga (SP). Sob o lema episcopal “Servi ao Senhor com alegria (Sl 99)” ele assume esta nova missão, agora junto ao povo de Registro.

Ao chegar à Catedral, o novo bispo foi acolhido por Dom Julio Endi Akamine, Arcebispo de Sorocaba e por Dom José Luiz Bertanha, bispo emérito da Diocese de Registro. O pároco da Catedral, Pe. Adelson Rosa de Souza, entrega ao bispo eleito a Cruz do Senhor. Dom Manoel beija a cruz e recebe também a água benta para se aspergir e aos presentes. Depois, se dirige ao Sacrário para uma oração pessoal; em silêncio, os fieis acompanham todo o rito e se ajoelham enquanto Dom Manoel está diante de Jesus Eucarístico. O momento é encerrado com uma salva de palmas acolhendo o novo bispo.

Feito isto, deu-se início a Santa Missa. A princípio, presidida por Dom Julio e concelebrada por Dom José Luiz Bertanha, SVD; Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, CR (Itapetininga/SP); Dom Arnaldo Carvalheiro Neto (Itapeva/SP); Dom Vicente Costa (Jundiaí/SP); Dom Orlando Brandes (Arcebispo de Aparecida/SP); Dom Tarcísio Scaramussa, SDB (Santos/SP); Dom Fernando Panico, MSC (bispo emérito de Crato (CE)); Dom Vilson Dias de Oliveira, DC (Limeira/SP); e pelo pároco da Catedral, Pe. Adelson.

Além deles, esteve presente todo o Clero de Registro e dioceses vizinhas, Diáconos, seminaristas, religiosos (as) de Registro e demais dioceses da Província, bem como, membros da Congregação dos Missionários do Sagrado Coração de Jesus, amigos, familiares e todo povo de Deus, vindo dos quatro cantos do Vale do Ribeira.

Logo após a saudação inicial, foi lida a Bula de nomeação de Dom Manoel, assinada pelo Santo Padre Papa Francisco e foram lidas as Letras Apostólicas. Em seguida, Dom José passa o Báculo para Dom Manoel. O gesto simboliza a transmissão do pastoreio do rebanho de Registro ao seu novo pastor.

Após a passagem do báculo, empossado, Dom Manoel dirige-se à Cátedra, local onde o bispo exerce seu ministério. Em seguida, ele é saudado pelos bispos presentes e pelo Colégio de Consultores da diocese de Registro. A partir do “Glória”, ele preside a celebração como novo bispo de Registro.

Encerrada a proclamação do Evangelho, Dom Manoel acolheu os bispos presentes e recordou o primeiro mês de falecimento de seu pai, Diácono Manoel Ferreira dos Santos. Para ele, “o diácono foi um grande sinal de Deus em minha vida”.  Em sua homilia, o bispo recorda Moisés quando se aproxima da sarça ardente (Êxodo 3, 1ss) e com esta passagem afirma que quer, “caminhar com vocês, ajudá-los na caminhada deste deserto da vida, lembrando-lhes sempre que Deus caminha conosco e que a direção do caminho é Deus e que juntos podemos chegar a ver a terra prometida”.

D. Manoel e sua mãe

Ele concluiu pedindo ao povo de Registro que orem por ele e por sua missão para que tenha um “coração de servo humilde e de pastor afetuoso, que guia seu rebanho procurando a glória de Deus e a salvação das almas”.

Após a comunhão, o Chanceler Pe. Danilo Félix Franco leu a Ata de Posse e a confirmação dos cargos da Diocese. Houve também uma homenagem do Santuário Nossa Senhora Aparecida do Sul ao bispo eleito e foram entregues presentes a Sra. Zilda (mãe do bispo) e a Dom Júlio. O novo bispo anunciou ainda que, Dom José será Vigário em uma Paróquia da diocese. Após o anúncio, Dom Manoel deu a benção solene e concluiu a celebração.

Fotos: Pascom/Diocese de Registro