Em Brasília, Diáconos Permanentes participam de 1ª Semana de Formação

A 1ª Semana de Formação para Diáconos Permanentes acontece em Brasília (DF), no Centro Cultural Missionário, até esta sexta-feira (6/04). Sob o tema “A pessoa do Diácono e sua missão em uma Igreja em saída”, o assessor do encontro, Pe. Antonio Niemic, explica que “se o diácono participa da missão de Cristo, ele precisa ter uma consciência muito clara da sua identidade enquanto cristão e ordenado, a identidade missionária, porque aquilo que caracteriza a vida dos cristãos e dos diáconos é a missionariedade”.

A diocese de Itapetininga enviou os diáconos permanentes Luís Carlos dos Passos (Paróquia São João Batista de Itapetininga) e Carlos Lourenço Guilherme (Paróquia São Francisco de Assis, Capela do Alto) para acompanhar o encontro. Estiveram presentes no encontro 26 diáconos de 19 dioceses do país. Além disso, o evento contou ainda com a presença de missionários de 7 países.

“A missão é algo permanente em nossa vida, então isso, nos fortalece e vem avivar tudo que está dentro da gente como cristão batizado, como aquele que tem o compromisso de estar junto do povo e levar a presença do Cristo Servidor aos irmãos no nosso dia a dia”, conta o diácono Passos, em entrevista ao jornal da Rede Vida.

Igreja em Saída

Ele destaca que o encontro motivou os diáconos a ser “Igreja em saída”, em permanente missão. “O diácono sendo este que é consagrado, aquele que tem a responsabilidade de animar as comunidades deve levar os fieis a ser Igreja em saída, [uma Igreja] que está em estado permanente de missão”, conclui.

Com informações de JCTV.