Notícia Destaque Notícias da Diocese

Em Itapetininga, Pedal da Amizade será no dia 5

No próximo dia 5, domingo, acontece o Pedal da Amizade, evento promovido pela Paróquia Nossa Senhora das Estrelas, em Itapetininga. Com as inscrições, o evento tem como objetivo arrecadar alimentos para o projeto social Estrela Solidária. A inscrição será realizada na Casa de Retiros Betânia, durante a concentração no dia 5. A taxa é de R$ 10 + 1 quilo de alimento não perecível.

Segundo a organização, a expectativa é de que 1 mil ciclistas participem da ação social. O percurso a ser percorrido pelos inscritos será de 35 quilômetros e contará com pontos para hidratação e um carro de apoio da competição. Além disso, haverá sorteio de brindes e a maior equipe uniformizada receberá um troféu.

A concentração tem início às 7h na Casa de Retiros Betânia (inclui café da manhã) e a Largada será às 8h45. O uso de capacete é obrigatório para os participantes. Não há um limite de idade para a participação.

Na volta para o local da concentração, os participantes poderão adquirir também um almoço beneficente.

Pedal da Amizade acontecerá no dia 05 de Abril com concentração e dispersão na Casa De Retiros Betânia, localizada na estrada municipal Julio Vieira, 3100, no bairro Mato Seco, próximo ao cemitério Vale da Paz, em Itapetininga (SP).

A inscrição do evento será de 1 kg de alimento não perecível e R$ 10,00 que serão revertidos para o projeto social Estrela Solidária da Paróquia Nossa Senhora das Estrelas e Grupo de Oração São José para Homens, respectivamente.

Projeto Estrela Solidária

A ação social “Estrela Solidária” presta assistência, atualmente, a cinquenta famílias carentes. O projeto teve início em 1998, por iniciativa do Diácono Luís Moreira, que arrecadava voluntariamente os alimentos para doação às famílias. Com o decorrer dos anos, a ação tomou outras proporções.

Em 2008, com a anuência do então Pároco da Igreja Nossa Senhora das Estrelas, Pe. Lorival de Oliveira Pedro, o projeto assumiu o nome usado até hoje. As famílias cadastradas recebem pontualmente todo mês uma cesta básica. Além disso, o projeto rotineiramente atende a outras instituições solidárias. Atualmente, o projeto é acompanhado pelo Diácono Dirceu Albuquerque Vieira.

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK