Notícia Destaque Notícias da Diocese

Em Tatuí, Paróquia celebra Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

Após o encerramento de um conjunto de grandes Solenidades como a Páscoa, Ascensão, Pentecostes, Santíssima Trindade e Corpus Christi, a liturgia nos leva a contemplar o Sagrado Coração de Jesus. Este ano, a Solenidade que é comemorada sempre na sexta-feira da semana seguinte ao Corpus Christi, é celebrada nesta sexta-feira, 19 de junho.

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus, localizado na Vila Angélica em Tatuí, mesmo sem a presença dos fieis, realiza nesta sexta-feira (19), a Missa Solene em honra ao seu padroeiro.

Com o tema “Teu sangue cura”, a celebração será presidida pelo Padre Márcio Mendes Ribeiro, Pároco, a partir das 19h30 e com transmissão on-line através da página do Facebook da Paróquia e também pela WebTv da Comunidade Recado.

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus

A Igreja celebra a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, por pedido explícito do próprio Cristo a Santa Margarida Maria Alacoque. São João Paulo II disse que “esta festa lembra o mistério do amor que Deus tem pelos homens de todos os tempos”.

Peço que na primeira sexta-feira depois da oitava de Corpus Christi, se celebre uma Festa especial para honrar meu Coração, e que se comungue nesse dia para pedir perdão e reparar os ultrajes por ele recebidos durante o tempo que permaneceu exposto nos altares”, disse o Senhor a Santa Margarida, em junho 1675.

Prometo-te que o Meu Coração se dilatará para derramar com abundância as influências de Seu divino Amor sobre os que tributem esta divina honra e que procurem que ela lhe seja prestada”, acrescentou.

Posteriormente, o Beato Pio IX, em 1856, estendeu oficialmente a Festa do Sagrado Coração de Jesus a toda a Igreja. Em 1899, o Papa Leão XIII publicou a encíclica ‘Annum Sacrum’ sobre a consagração da humanidade ao Sagrado Coração de Jesus, que se realizou no mesmo ano.

Do mesmo modo, Pio XI, em 1928, escreveu a ‘Miserentissimus Redemptor’, encíclica que trata da reparação que todos devemos ao Sagrado Coração. E o Papa Pio XII, em 1956, publicou a encíclica ‘Haurietis Aquas’, em referência ao culto ao Sagrado Coração.

São João Paulo II em seu pontificado estabeleceu que na Solenidade do Sagrado Coração de Jesus se realize o Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes.

Muitos grupos, movimentos, ordens e congregações religiosas, desde os tempos antigos, foram colocados sob a proteção do Sagrado Coração de Jesus. Em Roma, encontra-se a Basílica do ‘Sacro Cuore’ (Sagrado Coração) construída por São João Bosco, encomendada pelo Papa Leão XIII e com doações de fiéis e devotos de vários países.

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK