Rádio Conexão Católica

“Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” é tema da Campanha da Fraternidade 2021

A Campanha da Fraternidade é parte da programação da Igreja para um período de 40 dias, que se inicia na Quarta-Feira de Cinzas e termina no Domingo de  Páscoa,  e existe desde 1964, tendo sido criada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a CNBB.

Neste ano, o tema da Campanha da Fraternidade Ecumênica é “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade”, extraído da carta de São Paulo aos Efésios, capítulo 2, versículo 14. Em linhas gerais, a Campanha da Fraternidade tem como objetivo conduzir o povo católico a refletir sobre algum problema social concreto.  Ela convida os cristãos e pessoas de boa vontade a pensarem, avaliarem e identificarem caminhos para a superação das polarizações e das violências que marcam o mundo atual. Tudo isso através do diálogo amoroso e do testemunho da unidade na diversidade, inspirados no amor de Cristo.

O Bispo Diocesano, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, CR, nos envia uma mensagem para o início da Quaresma e da Campanha da Fraternidade 2021.

“Nesta quarta-feira, 17 de fevereiro, iniciamos o Tempo da Quaresma e o tempo da Campanha da Fraternidade, que este ano ano será ecumênica, com o tema “Fraternidade e Diálogo, Compromisso de Amor” e o Lema: ” Cristo é nossa paz: do que era dividido fez a unidade” . Esta Campanha da Fraternidade nos convida a esta fraternidade, a este diálogo e compromisso de acolhimento, de respeito, de carinho e cuidado para com todos. 

Lembrando a Carta Encíclica do Papa Francisco “Fratelli Tutti”, somos todos irmãos. Esta Campanha da Fraternidade que é ecumênica, quer estabelecer um diálogo entre todos, respeitando as opiniões e ideologias diferentes, e realmente viver e valorizar o que o outro tem de bom.

Esta é uma Campanha da Fraternidade que visa o diálogo e respeito para com todas as denominações, unindo todas as pessoas e buscando o bem comum da paz, da fraternidade e da solidariedade.

Que possamos viver intensamente esta Campanha das Fraternidade no diálogo, no respeito e carinho para com todos. 

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, CR
Bispo Diocesano de Itapetininga.