Rádio Conexão Católica

GRUPO “BOAZINHAS” COMPLETA 15 ANOS DE TRABALHO SOCIAL

No dia 25 de julho de 2000 nascia o grupo “Boazinhas”, em Itapetininga. Com objetivo de ajudar aos mais necessitados por meio de doações, as “Boazinhas” iniciaram um trabalho social que contava com a organização de 15 senhoras da sociedade. De acordo com Nêta Bueno, uma das fundadores do grupo, atualmente, o grupo conta com o auxílio e doações de mais de 500 pessoas somente em Itapetininga e originou outros três grupos de mesmo nome nas cidades de Alambari, Colina e São Paulo (Bairro da Mooca).

Com o lema ‘fazer o bem, sem ver a quem’, Nêta explica que “para ser uma ‘boazinha’ não é preciso ter religião nem nome importante ou partido político, basta apenas a vontade de ajudar ao próximo”. E o grupo presta assistência a todos os tipos de necessidades, desde alimentação ao trato hospitalar. “Ganhamos sete cadeiras de banho e cinco cadeiras de rodas que são emprestadas para famílias que precisam cuidar de seus doentes em casa”, conta.

fotoPeAndréGarcia-boazinhas
Nêta Bueno em visita aos Padres de Itapetininga no último dia 23

Campanha

Atualmente, as Boazinhas estão engajadas em uma campanha para adquirir mais cadeiras de rodas e de banho. Para adquirir uma cadeira nova elas precisam arrecadar 120 garrafas pet cheias de lacres de latinhas.

No último dia 23, os Padres de Itapetininga juntamente com o Bispo Diocesano, Dom Gorgônio, reconhecendo a importância deste trabalho social e assistência prestada por elas às muitas pastorais e movimentos católicos da cidade, se prontificaram a participar desta e de outras campanhas de arrecadação de doações realizadas pelo grupo. As campanhas já estão sendo divulgadas no final das celebrações.

Doações e Novos Grupos

Para Nêta “é uma alegria ver nosso trabalho multiplicado em outras cidades e estamos disponíveis para orientar e auxiliar na formação destes novos grupos. A base de tudo em nossa iniciativa é não ‘mexer com dinheiro’. Não recebemos dinheiro e também não damos, são doados apenas materiais”. As arrecadações são destinadas às entidades, pastorais e movimentos católicos, sopões, comunidades carentes, entre outras instituições.

Os interessados em fazer doações devem entrar em contato pelo fone (15) 3273-2584/99675-1300 ou comparecer na sede das reuniões e depósito do grupo que fica na rua Paulino Correa, 76, na Vila Aurora, (próximo à borracharia Marajá), em Itapetininga.

 

Foto: Diocese de Itapetininga/Ariana Ayres e Pe. André Garcia