LAVA PÉS SIMBOLIZA HUMILDADE DE JESUS E O SERVIÇO AO PRÓXIMO

O Tríduo Pascal começou nesta Quinta-Feira Santa com a Missa do Lava pés. A celebração presidida pelo Bispo Dom Gorgônio e co-celebrada pelo Pároco Reinaldo Machado na Catedral Nossa Senhora dos Prazeres,  às 20 horas, faz memória à Última Ceia do Senhor com os Apóstolos e à importância da Santa Eucaristia. Após a homilia, Dom Gorgônio retirou o manto dourado e cingiu-se para realizar o Lava pés. O gesto de lavar os pés dos fieis relembra o que Jesus fez ao lavar os pés de seus 12 apóstolos. Assim, o Bispo repetiu a mesma atitude lavando os pés de 12 pessoas – casais paroquianos – no altar, simbolizando que todo cristão veio para servir e que, na humildade de se fazer pequeno, Cristo é elevado.

IMG_0814

Na sequência, aconteceu a consagração das hóstias e após a Comunhão, Dom Gorgônio juntamente com seus auxiliares, realizaram o translado do Santíssimo Sacramento pelos corredores da igreja até uma capela que foi preparada para a Adoração ao Santíssimo Sacramento. As pastorais e movimentos da Paróquia revezaram das 22h às 00h a Adoração à Eucaristia. A Santa Missa encerrou-se sem a benção final, que será feita somente no Sábado Santo com a conclusão do Tríduo da Páscoa.

O segundo dia do Tríduo inicia nesta sexta (3) com a Adoração da Cruz às 15 horas; às 18h30 haverá o Sermão das Sete Palavras e, às 19h30, a Procissão do Senhor Morto. As celebrações de hoje acontecerão na Catedral Nossa Senhora dos Prazeres.

 

*FOTOS: William Furtado