Rádio Conexão Católica

MISSA EM LOUVOR A NOSSA SENHORA DE MONTSERRAT É NESTE SÁBADO (5) EM TATUÍ

Neste sábado, a Comunidade São Benedito, em Tatuí, realiza uma Missa às 19h30 em louvor a Nossa Senhora de Montserrat, também conhecida como a ‘Mãe Negra’. Segundo o Pároco e Assessor Eclesiástico da Pastoral Afro, Pe. Luiz Omar Batista dos Reis, a celebração será marcada pela inserção de valores afro-brasileiros. A comunidade pertence à Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus, em Tatuí.

História de Nossa Senhora de Montserrat

A veneração a Nossa Senhora de Montserrat, conforme o site das Paulinas, iniciou por volta do ano 546 quando o monge Querino se retirou numa gruta da montanha na Catalunha (ao sul da Espanha) e construiu uma ermida dedicada à Virgem Maria. Dois séculos depois, segundo a tradição, dois pastores avistaram uma luz dentro da gruta e lá encontraram a imagem da Mãe de Deus. O título dado à Santa, declarada Padroeira da Catalunha pelo Papa Leão XIII, é decorrente do formato das montanhas da Catalunha que lembram uma serra de madeira.

Ainda segundo o site das Paulinas, com o passar dos anos, a ermida de Nossa Senhora de Montserrat foi reconquistada pelos exércitos cristãos que expulsaram os árabes muçulmanos do território. “A Catalunha foi retomada pelo conde Walfrido, o Cabeludo que cedeu a ermida de Montserrat junto com outras três, aos monges beneditinos do mosteiro de Ripoll. Em 1032, o influente abade Oliva decidiu fundar pequenas comunidades de beneditinos ao lado das antigas ermidas doadas, inclusive na da Virgem de Montserrat. Desde então a devoção ganhou forte impulso na diocese da Catalunha”, explica o site.

A devoção à “Moreneta” de Montserrat – nome dado pelo povo catalão devido a imagem da Virgem e do Menino Jesus terem o rosto e as mãos de cor negra – se difundiu por todo mundo por meio das expedições marítimas espanholas. No Brasil, segundo as Paulinas, a devoção à Santa iniciou em 1590 e foi introduzida por Francisco de Souza que era, então, governador-geral.

Foto: Infovaticana.com