Notícia Destaque Notícias da Diocese

Moradores de rua de Itapetininga são encaminhados para Casas de Recuperação

Na madrugada deste último sábado (10), Pe. Fernando Carvalho, Vigário da Paróquia São Roque de Itapetininga, juntamente com o Sr. Ismael Carlos da Costa Meira, voluntário da Fazenda Esperança, acompanharam seis moradores que se encontravam em situação de rua, que foram encaminhados para a Casa de recuperação da Fazenda Esperança, sendo 04 na Casa Santa Edwirges na cidade de Guaratinguetá /SP, um para a Casa Bom Samaritano em Pirajú/SP e um para a Casa de Apoio em São Miguel Arcanjo/SP.

Nesta quinta-feira (15), um outro morador também será enviado para a Casa de Recuperação de São Miguel Arcanjo. ” Tudo isso só é possível com a graça de Deus e a colaboração de muitas pessoas que nos ajudaram” comenta Pe. Fernando.

O Projeto Social, vem sendo desenvolvido pelo Pe. Fernando Carvalho, Pastoral de Rua de Itapetininga e pelo Grupo GEV (Grupo Esperança Viva), onde tem a missão de oferecer as pessoas que se encontram em situação de rua, uma nova oportunidade e qualidade de vida, encaminhando-os para casas de apoio. O projeto atende homens e mulheres acima de 18 anos, muitos deles dependentes químicos que entraram em tratamento e hoje estão recuperados.

No centro de apoio o morador recebe todo tratamento médico, alimentação, vestuários e medicamentos. Os dependentes já recuperados e que continuam na casa, trabalham na fabricação de pães , agendas e outros produtos que  são vendidos para uma arrecadar uma renda extra para a Instituição.

Conheça melhor o projeto. Entre em contato com a secretaria da Paróquia São Roque de Itapetininga e agende uma conversa com o Padre. Telefone (15) 3271 3211.

Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica que atua desde 1983 no processo de recuperação de pessoas que buscam a libertação de seus vícios, principalmente do álcool e da droga. Seu método de acolhimento contempla três aspectos determinantes: o Trabalho como processo pedagógico; a Convivência em família; e a Espiritualidade para encontrar o sentido da vida.

A Fazenda está de portas abertas em todos os estados brasileiros para acolher homens e mulheres fragilizados pelo consumo das drogas, transformando dor em alegria. O número de comunidades no mundo já ultrapassou uma centena de unidades estruturadas em países da Ásia, África, América e Europa, sob contínuo crescimento devido a globalização dos graves problemas sociais que assolam a humanidade.

As pessoas que se identificam com o carisma da Fazenda podem encontrar sua vocação na Igreja fazendo parte da Família da Esperança – uma Associação Privada de Fiéis, de caráter internacional, reconhecida pelo Pontifício Conselho para os Leigos, cuja missão é levar a Esperança, Jesus Cristo, ao maior número de jovens do mundo inteiro, conforme as palavras do Papa Bento XVI.

 

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK