Notícia Destaque Notícias da Diocese

Movimento de Emaús: Recitação do Terço acontece nesta terça-feira (09)

O Movimento de Emaús da Diocese de Itapetininga, através de seu diretor espiritual, Pe. Ivan Soares, Vigário da Basílica Santuário São Miguel Arcanjo, realiza nesta terça-feira (9), a recitação do Santo Terço Mariano. A transmissão será através do Facebook oficial do Secretariado Diocesano, a partir das 21h, onde a cada semana uma Paróquia pertencente ao movimento é convidado a recitar o Santo terço através das mídias sociais. A recitação do Santo Terço on-line faz parte das atividades do movimento durante o período de pandemia. O terço desta terça-feira  será conduzido pelos jovens da Paróquia São João Batista de Guareí.

O Emaús é um movimento de Comunidades Missionárias para jovens, aprovado pelos Bispos em cujas Dioceses se encontra instalado, cuja finalidade é propiciar cursos para jovens, onde eles possam fazer uma profunda reflexão sobre o valor da vida, da Igreja e uma vivência em comunidade à luz da Palavra de Deus. Isso se faz através de um primeiro anúncio (Kerigma), completado com uma catequese fundamentada na doutrina (o “Credo”) e na Teologia dos Sacramentos.

Movimento Emaús

O Movimento de Emaús, foi fundado sob os auspícios e bençãos do então Arcebispo de São Paulo, Dom Agnelo Rossi, e por ele solenemente instalado na festa do Espírito Santo, em 02 de junho de 1968, como ENCONTRO DA JUVENTUDE. Reestruturado por um grupo de sacerdotes e leigos nos ENCONTROS DE INGATUBA, Pedreira, Estado de São Paulo, de 29 a 31 de julho de 197

1 e o ENCONTRO DE VARGEM GRANDE, em Minas Gerais, de 21 a 23 de fevereiro de 1972, onde recebeu o nome primitivo de EMAÚS – CURSO DE VALORES HUMANOS E CRISTÃOS, como antes aprovara o Cardeal Rossi e foram estabelecidas as diretrizes espirituais e a dinâmica de evangelização, aceitos no I Seminário Inter-diocesano de Emaús, pelos dirigentes participantes, e aprovado, abençoado e instituído pelo então Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, em 10 de setembro de 1972.

É um movimento religioso e tem como inspiração a dinâmica espiritual a narrativa do Evangelista Lucas, no capítulo 24, vv 13 a 35, sobre a aparição de Cristo aos discípulos.

É um movimento e Organização de caráter nacional “a serviço das Igrejas particulares que o abrigam, para evangelizar a juventude, como um dos instrumentos da Pastoral Diocesana, na Evangelização posto nas mãos do Bispo.

Portanto, o objetivo central do Movimento de Emaús é, através dos CURSOS DE EMAÚS, cursos de valores humanos e cristãos, evangelizar grupos de jovens, que após três dias de experiência de Deus e de Vida em Comunidades, sobre o essencial da Evangelização (Evangelli Nuntiandii – 25), deverão voltar “as suas comunidades de origem, onde através da Pastoral Diocesana darão testemunho, executarão serviços cristãos e crescendo espiritualmente e apostolicalmente na fé.

Escolas Missionárias

Para concretizar a ação evangelizadora a que se propõe o Movimento de Emaús, preparando os dirigentes que participarão dos Cursos de Emaús e das diversas atividades das Comunidades, existem as Escolas Missionárias de Emaús.

Tendo em vista a realidade da Diocese de Itapetininga, que abrange 15 municípios, o Secretariado Diocesano definiu que as Escolas Missionárias serão realizadas nas cidades que possuem membros ativos do Movimento de Emaús, ao menos uma vez ao mês, para refletir temas pertinentes: a realidade eclesial de evangelização, aos assuntos inerentes a fase juvenil da existência humana e, principalmente, ao estudo e ao aprofundamento da metodologia bem como sobre cada função a ser desempenhada durante o curso.

Atualmente contamos com Escolas Missionárias nas cidades de Itapetininga, sede da Diocese e do Secretariado, Guareí, Paranapanema, Pilar do Sul, São Miguel Arcanjo e Tatuí.

Recitação do Terço realizado pela Escola Missionária de Itapetininga.

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK