Rádio Conexão Católica

Música e Igreja: há 50 anos da Instrução Musicam Sacram

“Música e Igreja: culto e cultura há 50 anos da Instrução Musicam Sacram.”

Este é tema do encontro que o Pontifício Conselho para a Cultura promove de 2 a 4 de março próximo, em Roma, no Centro de Congressos Augustinianum, junto com o Pontifício Ateneu Santo Anselmo, o Pontifício Instituto Litúrgico e o Pontifício Instituto de Música Sacra.

Segundo a Agência Sir, “o objetivo do evento é estimular uma reflexão profunda no campo musical, litúrgico, teológico e fenomenológico que possa ser uma proposta positiva por um culto cristão, expressão de louvor a Deus e prazeroso de ouvir na diversidade de modelos culturais.”

Dentre as finalidades: refletir sobre o interesse atual por um fenômeno musical, sempre presente na história da Igreja, avaliar a mudança paradigmática na concepção da música eclesial 50 anos depois da Instrução Musicam Sacram de 1967, conhecer as linguagens mais adequadas para celebrar o louvor público oficial e solene da Igreja, rever o lugar e a função do músico de Igreja, recuperar o patrimônio musical, em diálogo ecumênico, e com a cultura contemporânea, e recordar a urgência de uma formação sólida dos vários ministérios da música.

Participam do encontro representantes da Conferências Episcopais e ordens religiosas, músicos, cultores da música litúrgica, associações e movimentos.

O Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi, abrirá o encontro com a reflexão intitulada “Música e Palavra de Deus”.

Dentre os relatores estão o Presidente da Academia Nacional de Santa Cecília, Roma, Michele Dall’Ongaro, o Presidente do Pontifício Instituto Litúrgico Santo Anselmo, Jordi-A. Piqué, e o prior da Comunidade Ecumênica de Taizé, Frei Alois.

Será proposto um trecho no piano da Paixão segundo São Mateus de Johann Sebastian Bach.

Está prevista a audiência com o Papa Francisco.