Rádio Conexão Católica

OCDS: Conheça a Ordem dos Carmelitas Descalços Seculares de Itapetininga

Fundada em 22 de maio de 2001, os Carmelitas Seculares, em união com os Frades e as Monjas, são filhos e filhas da Ordem de Nossa Senhora do Monte Carmelo e de Santa Teresa de Jesus. Portanto, compartilham com os religiosos o mesmo carisma, vivendo-o cada um segundo seu próprio estado de vida. É uma só família com os mesmos bens espirituais, a mesma vocação à santidade (cf. Ef 1,4; 1Pd 1,15) e a mesma missão apostólica (Const. Carmelitas Descalços Seculares, Identidade,1).

A Ordem dos Carmelitas Descalços Seculares, Comunidade Alegria da Sagrada Face estabeleceu-se em Itapetininga através de leigos comprometidos com a Igreja e particularmente desejavam viver o carisma Teresiano, isto é, o carisma Carmelitano.

A vivência e experiência de vários retiros de silêncio com frades e leigos carmelitas suscitou nos corações destes leigos que respondendo ao chamado de Deus e convite do Carmelo Descalço para iniciar um grupo que posteriormente seria tornaria comunidade.

Todo grupo/comunidade para iniciar suas atividades deve pedir autorização para o Bispo local e para o Padre a qual deseja se estabelecer. Em 2011, Márcia Andrade recebeu do Bispo Diocesano, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, a autorização para dar inicio as atividades da Ordem Carmelita Descalço Secular na cidade de Itapetininga, tornando-se assim,  fundadora do movimento. Desde então as reuniões começaram ocorrer na Comunidade Santa Teresinha que pertence a Paróquia Nossa Senhora das Estrelas de Itapetininga.

A origem do Carmelo Descalço se encontra na pessoa de Santa Teresa de Jesus. Ela viveu uma profunda fé na misericórdia de Deus, que a fortaleceu para perseverar na oração, humildade, amor fraterno e amor pela Igreja, que a conduziu à graça do matrimônio espiritual. Sua abnegação evangélica, sua disposição ao serviço e sua constância na prática das virtudes são um guia cotidiano para viver a vida espiritual. Seus ensinamentos sobre a oração e a vida espiritual são essenciais para a formação e a vida da Ordem Secular.

São João da Cruz foi o companheiro de Santa Teresa na formação do Carmelo Descalço. Ele inspira o Secular a ser vigilante na prática da fé, da esperança e do amor. Ele o guia através da noite escura à união com Deus. Nesta união com Deus, o Secular encontra a verdadeira liberdade dos filhos de Deus (Const. OCDS,7-8).

A Ordem Secular se estrutura basicamente na comunidade local como um sinal visível da Igreja. A Ordem Secular, tanto em nível de Província quanto em nível de comunidade, tem personalidade jurídica. A Ordem Secular depende juridicamente dos frades carmelitas descalços (Const. OCDS 40-41).

A vocação da Ordem Secular é verdadeiramente eclesial. A oração e o apostolado, quando são verdadeiros, são inseparáveis. A observação de Santa Teresa de que o propósito da oração é “o nascimento de boas obras” recorda à Ordem Secular que as graças recebidas sempre devem ter um efeito em quem as recebe. Individualmente ou como comunidade, e sobretudo como membros da Igreja, a atividade apostólica é fruto da oração. Onde seja possível, e em colaboração com os superiores religiosos e com a devida autorização dos encarregados, as comunidades participam do apostolado da Ordem. (Const. OCDS 26).

A Ordem Carmelita Descalço Secular segue um programa de formação para os iniciantes e de forma permanente seguindo as seguintes dimensões: Espiritual, Carmelitana, Doutrinal e Humana, acompanhada de orientação espiritual pessoal e comunitária através da escola de Formação Edith Stein (Província São José) e dos retiros de silêncio.

A comunidade Alegria da Sagrada Face estive presente trabalhando com os moradores do antigo “ lixão” da cidade de Itapetininga colaborando na negociação junto à prefeitura para retirada das pessoas do lugar insalubre a qual viviam.

Conselho do triênio 2019-2022

O Movimento também atua a pedido do Padre Ademar Bortoleto, com a formação de grupos de catequese na comunidade São Camilo e atualmente devido a pandemia, os trabalhos comunitários tiveram que ser paralisados.

A comunidade OCDS em Itapetininga conta com vinte oito membros entre estes os que já assumiram compromisso por toda vida como Carmelitas Seculares e aqueles que estão em fase formativa e de descoberta vocacional.

Toda comunidade Carmelita Secular tem um governo particular (presidente, três conselheiros, encarregado da formação, secretário e tesoureiro) que é eleito a cada três anos seguindo o Estatuto Particular da Província São José da Ordem dos Carmelitas Descalços Seculares.

O propósito geral da Ordem dos Carmelitas Descalços P. Savério Cannistrà,OCD concedeu a ereção canônica segundo o direito canônico (cân.312) em primeiro de outubro de 2018, festa de Santa Teresinha, reconhecendo nos como COMUNIDADE DA ORDEM SECULAR DA BEM – AVENTURADA VIRGEM MARIA DO MONTE CARMELO, documento este entregue a Cúria Diocesana de Itapetininga.

Os membros da Comunidade OCDS são formados para oferecer seus trabalhos em favor da Igreja, da Província São José e da Paróquia a qual seus membros fazem parte, dando formações para outros leigos, pregando retiros e na orientação espiritual.

As reuniões de vida oracional e formativa ocorrem quinzenalmente no salão de catequese da Igreja Santa Rita de Cássia em Itapetininga às 9:30 até às 11:30.

 

Se você deseja conhecer mais sobre a OCDS entre em contato através do email abaixo:

Comissão vocacional:  [email protected] – Claudia Maropi.

Comissão missionária:  [email protected]  – Marcia Andrade.