Rádio Conexão Católica

PADRES E BISPO CELEBRAM JUBILEU DOS ENCARCERADOS NESTE SÁBADO (21)

Em Itapetininga, neste sábado (21), será celebrada a Santa Missa nas Penitenciárias “Jairo de Almeida Bueno (P1), P2 e, também, no Centro de Ressocialização Feminino (CFR), às 10h. A Santa Missa marca o Jubileu dos Encarcerados na cidade. Como preparação para a celebração, estiveram presentes dois padres em cada uma das unidades prisionais e no CRF no último dia 14, para o atendimento de confissões. O Bispo Diocesano, Dom Gorgônio, também esteve presente e presidirá a Santa Missa em uma das penitenciárias amanhã.

A celebração do Jubileu é uma das atividades solicitadas pelo Papa Francisco ao abrir o Ano Santo da Misericórdia. “O Papa Francisco disse que a eles [os encarcerados] também deve ser oferecida esta misericórdia de Deus, para que eles também reconheçam o sabor de Deus que dá a força em Cristo Jesus, que deu a vida por nós, para que possamos superar toda maldade e reconstruir a vida no amor e na misericórdia de Deus. Nós não merecemos nada, mas Cristo mereceu por nós. Somos salvos pela paixão, morte e ressurreição de Cristo, por Sua entrega, por Sua vida doada, por Seu sangue derramado”, explicou o Bispo.

Para Dom Gorgônio, é importante que estas pessoas possam sentir o amor de Deus. “É importante que elas saibam que não está tudo perdido” e, completou o Bispo, “Deus não rejeita ninguém. Ele não condena, Deus quer o bem. Deus não quer a morte do pecador, mas que se converta e viva; Deus não exclui ninguém, Ele ama a todos e quer que nós acolhamos o Seu amor. Celebrar esta misericórdia junto aos encarcerados, manifestando-lhes o amor de Deus e celebrar o Jubileu da Misericórdia ajudando-os também a acolher a Palavra de Deus, a rezar, a celebrar o perdão, o Sacramento da Penitência, e assim neste espírito de oração, o Papa diz que cada vez que eles passarem pela porta de suas celas poderão estar realmente penetrando no amor de Cristo, como Porta da Misericórdia”.

Foto ilustrativa: Divulgação/Internet