PAPA A EMISSORA DE RÁDIO ARGENTINA: A GUERRA SE VENCE NÃO FAZENDO-A

“Há um único modo de vencer uma guerra: não fazê-la.” Foi o que disse o Papa Francisco na tarde deste sábado (8) ao falar, ao vivo, a uma emissora de rádio da Paróquia da Virgem do Carmo, na cidade argentina de Campo Gallo y Huachana, na província de Santiago del Estero, norte da Argentina.

Foi a segunda vez, após a do ano passado, que o Papa teve um encontro radiofônico com essa emissora, uma conversação que alcançou todo o país e, através da internet, o mundo inteiro.

“Devemos caminhar unidos, é sempre melhor a amizade do que a luta, a paz do que a guerra. E há um único modo de vencer uma guerra: não fazê-la.” Com essas palavras, Francisco dirigiu-se à comunidade de Campo Gallo, que o escuta através da Rádio “Es de Dios”, uma emissora que chega aos fieis dos cantos mais remotos da província.

“Devemos fazer um grande esforço e cuidar uns dos outros, para não sermos uma família triste, devemos cuidar das crianças, dos avós, com aquela ternura com que Jesus nos ensinou a cuidar uns dos outros, devemos cuidar da casa comum.” “Caminhar unidos nos ajuda a sermos solidários” e “nos dá alegria”, acrescentou o Santo Padre, porque o homem não foi feito para viver sozinho, mas em família, enfatizou.

Perguntado sobre sua última Encíclica, “Laudato si”, o Pontífice pediu a todos que façam um esforço para cuidar uns dos outros, bem como da Criação, e expressou seu pesar pelo desmatamento finalizado ao cultivo da soja. “Cuidem da terra, da água e de tudo aquilo que Deus nos deu”, foi a sua recomendação.

Por fim, Francisco exortou os jovens a arriscarem, a não serem já “aposentados”, mas a se dedicarem aos outros por grandes ideais, único modo para conhecer a verdadeira alegria, observou. “É preciso sonhar”, porque “quem não sonha tem pesadelos”: “Deus abençoa quem sonha alto”, acrescentou.