Rádio Conexão Católica

Papa reconhece martírio de espanhóis durante guerra civil

O Papa recebeu em audiência na tarde de quinta-feira (1º/12) o Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Card. Angelo Amato.

No decorrer da audiência, Francisco autorizou a Congregação a promulgar os decretos concernentes:

– ao milagre atribuído à intercessão do venerável Servo de Deus João Schiavo, Sacerdote professo da Congregação de São José; nascido em 8 de julho de 1903 e morto em 27 de janeiro de 1967;

– ao martírio dos Servos de Deus Vicente Queralt Lloret, Sacerdote professo da Congregação da Missão, e 20 companheiros, entre os quais seis sacerdotes professos da mesma Congregação, cinco sacerdotes diocesanos, duas religiosas Filhas da Caridade e sete leigos da Associação Filhos de Maria da Medalha Milagrosa, assassinados por ódio à fé durante a guerra civil espanhola entre 1936 e 1937;

– ao martírio do Servo de Deus Teófilo Matulionis, Arcebispo-Bispo de Kaišiadorys (Lituânia); nascido em 22 de junho de 1873 e assassinado por ódio à fé em 20 de agosto de 1962;

– ao martírio do Servo de Deus Stanley Francesco Rother, Sacerdote diocesano; nascido em 27 de março de 1935 e assassinado por ódio à fé em 28 de julho de 1981;

– às virtudes heroicas do Servo de Deus Guilherme Massaja, da Ordem dos Frades Menores Capuchinos, Cardeal da Igreja; nascido em 8 de junho de 1809 e morto em 6 de agosto de 1889;

– às virtudes heroicas do Servo de Deus Nunzio Russo, Sacerdote diocesano, Fundador da Congregação das Filhas da Cruz; nascido em 30 de outubro de 1841 e morto em 22 de novembro de 1906;

– às virtudes heroicas do Servo de Deus José Bau Burguet, Sacerdote diocesano, pároco em Masarrochos (Espanha); nascido em 20 de abril de 1867 e morto em 22 de novembro de 1932;

– às virtudes heroicas do Servo de Deus Mario Ciceri, Sacerdote diocesano; nascido em 8 de setembro de 1900 e morto em 4 de abril de 1945;

– às virtudes heroicas da Serva de Deus Maria Giuseppa Aubert (no civil: Susana), Fundadora do Instituto das Filhas de Nossa Senhora da Compaixão; nascida em 19 de junho de 1835 e morta em 1° de outubro de 1926;

– às virtudes heroicas da Serva de Deus Luce Rodríguez-Casanova y García San Miguel, Fundadora da Congregação das Mulheres Apostólicas do Sagrado Coração; nascida em 28 de agosto de 1873 e morta em 8 de janeiro de 1949;

– às virtudes heroicas da Serva de Deus Caterina Aurelia do Preciosíssimo Sangue (no civil: Aurelia Caouette), Fundadora da Congregação das Irmãs Adoradoras do Preciosíssimo Sangue de Nossa Senhor Jesus Cristo da União de Saint-Hyacinthe; nascida em 11 de julho de 1833 e morta em 6 de julho de 1905;

– às virtudes heroicas da Serva de Deus Leonia Maria Nastał, Freira professa da Congregação das Pequenas Servas da Maria Imaculada; nascida em 8 de novembro de 1903 e morta em 10 de janeiro de 1940.