Rádio Conexão Católica

Paróquia São Roque – (Rio Branco) – Itapetininga

A Paróquia São Roque  de Itapetininga foi criada em 1978.

Comunidades Paroquiais: Matriz São Roque (Rio Branco); Casa da Criança São Vicente de Paulo; Lar São Vicente de Paulo ( Asilo); Nossa Senhora da Luz ( Shangrilá); Sagrado Coração de Jesus (Vila Nastri); São Lázaro (Vila Alves).

Pároco: Revmo. Pe. Marco Antonio Custódio.

Vigário: Revmo. Pe. Ademar Bortoleto Arruda (Emérito).

Diáconos: Ademar José de Souza; David José Ferreira (Emérito); Jair Bacon; José Paulo da Rocha e Taine Lúcio de Silveira.

Seminarista: Charbel Halim Moubarak Fogaça.

Atendentes Paroquiais: Jerusa Carla Vieira Matias; Sonia Regina S. Moraes Siqueira.

Expediente: Segunda das 8h30 às 17h / Terça à sexta das 8h às 17h / Sábado – 8h às 12h.

 

HORÁRIOS DE MISSAS

Quarta-feira: 19h30

Sábado: 19h30

Domingo: 8h; 11h e 19h

 

A Paróquia está localizada na Rua Padre Carlos Regatieri, 71, Vila Rio Branco, Itapetininga – SP. O telefone da secretaria paroquial é (15) 3271 3211 / 99677.3749 e o email é [email protected]

 

História

No dia 23 de setembro de 1978, por iniciativa do Cônego Luiz de Almeida Moraes, pároco da Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres, foi instalada a Paróquia São Roque. A celebração e instalação foram presididas por Dom José Melhado Campos, Bispo da Diocese de Sorocaba. O primeiro Pároco foi o Padre Luis José Paillard, que permaneceu aqui até 6 de fevereiro de 1983. A partir desta data a Paróquia foi conduzida pelo Padre Ademar Bortoleto Arruda, até o dia 3 de fevereiro de 1985, quando Padre Luiz Carlos da Silva o sucedeu, permanecendo nela até o dia 27 de fevereiro de 1988. Deste dia em diante a Paróquia foi confiada ao Padre José Benedito Cardoso.

Em setembro de 1978 a Paróquia contava com uma população de 11.000 (onze mil) habitantes. Hoje a população aproxima-se de 40.000 (quarenta mil) habitantes.

Nestes vinte e cinco anos muitas pessoas colocaram seus dons a serviço desta Paróquia, dando sua contribuição para a evangelização.

Até janeiro de 2010 a Paróquia são Roque era formada por 24 comunidades:. Na área rural: Comunidade Nossa Senhora das Dores do Bairro do Pinhal; Comunidade São João Batista da Fazenda Vista Alegre; Comunidade Nossa Senhora Aparecida do Bairro do Moquém; Comunidade Santa Cruz do Distrito do Tupi; São Francisco de Assis no Itarecreio; Imaculado Coração de Maria no distrito do Tupi; Comunidade Nossa Senhora Aparecida no Assentamento 23 de maio; Comunidade Santo Antonio do Distrito do Rechã; Comunidade São Pedro do Bairro Vira Copos; Comunidade São Judas Tadeu do Bairro do Porto; Comunidade São Pedro do Bairro do Curuçá; São João Batista no bairro Campo do Meio; Maria Santíssima no Bairro Cercadinho. Na área urbana: Comunidade Cristo Rei da Vila Sotemo; Comunidade Bom Pastor do Jardim Bela Vista; Comunidade São Bento do Parque São Bento; Comunidade São Domingos da Vila Carolina; Comunidade Sagrado Coração de Jesus na Vila Nastri; Comunidade São Lázaro da Vila Alves; Comunidade Santo Expedito e Nossa Senhora de Fátima da Vila Palmeira e CDHU; Comunidade Jesus Misericordioso da Jardim Leonel; Comunidade Divino Espírito Santo da Vila Regina; Comunidade São Francisco de Assis da Vila Mazzei; Comunidade Nossa Senhora das Graças da Vila Reis; Comunidade São Roque da Vila Rio Branco. Além destas comunidades, havia também três lugares de culto: Lar São Vicente de Paula; Casa da Criança e Cemitério São João Batista e do Santíssimo.

Em fevereiro de 2010, com a criação da Paróquia Bom Jesus e São Roque no Distrito do Bom Retiro em Angatuba, sete comunidades da Paróquia São Roque foram incorporadas a nova Paróquia, sendo elas: Santo Antonio do Recha; Nossa Senhora Aparecida da Granja Alvorada; São Francisco de Assis do Itarecreio; Nossa Senhora Aparecida do Assentamento 23 de maio; Imaculado Coração de Maria do Distrito do Tupi; Santa Cruz do Distrito do Tupi; Nossa Senhora Aparecida do Bairro do Moquém.

Em Janeiro de 2011, com a criação da Paróquia Nossa Senhora das Graças, oito comunidades da Paróquia São Roque constituíram a nova paróquia, sendo elas: Comunidade Nossa Senhora de Fátima e Santo Expedito na Vila Palmeira; São Pedro no Bairro do Curuçá; Nossa Senhora das Dores no Bairro do Pinhal; São João Batista na Fazenda Vista Alegre; São Francisco de Assis na Vila Mazzei; Jesus Misericordioso no Jardim Leonel; Divino Espírito Santo na Vila Regina e a Comunidade Nossa Senhora das Graças na Vila Reis que se tornou Igreja Matriz.

Hoje a Paróquia São Roque conta com oito comunidades, sendo elas: São Judas Tadeu no Bairro do Porto; Cristo Rei na Vila Sotemo; Bom Pastor no Jardim Bela Vista; São Bento no Parque São Bento e Residencial Cambuí; São Domingos na Vila Carolina; Sagrado Coração de Jesus na Vila Nastri; São Lázaro na Vila Alves e Igreja Matriz São Roque. Além destas comunidades temos dois lugares de culto: Lar São Vicente de Paula e Casa da Criança.

Quanto as pastorais movimentos e ministérios temos: Pastoral do Batismo; Pastoral da catequese com criança e adolescente; Catequese com adultos; Encontro de Casais com Cristo; Círculos Bíblicos; Novena de Natal; Campanha da fraternidade; Apostolado da Oração; Grupos de Oração; Legião de Maria; Grupos de Jovens; Pastoral do Dízimo; Pastoral Vocacional; Pastoral Litúrgica; Pastoral da Saúde; Pastoral do meio ambiente; Pastoral com a pessoa idosa; Pastoral familiar; Pastoral da Acolhida; Pastoral da Terceira Idade; Pastoral da Moradia; Pastoral da Criança; Ministérios de canto; Pastoral missionária; Ministros (as) extraordinários da comunhão eucarística; Ministros da Palavra; Ministros de exéquias; Ministérios de acólitos; Coroinhas; Congregação Mariana; Vicentinos; Casa da Amizade; Conselho de Assuntos Econômicos (CAE).

A Paróquia tem duas festas tradicionais: a Festa do Padroeiro que acontece sempre no mês de agosto e a Festa do Milho Verde que acontece no final de janeiro e início de fevereiro.