Notícia Destaque Notícias da Diocese

Paróquias de Angatuba, São Miguel Arcanjo e Tatuí celebram São Judas Tadeu nesta quarta-feira(28)

Nesta quarta-feira (28), a Igreja celebra a festa de São Judas Tadeu, apóstolo e mártir, conhecido como padroeiro das causas impossíveis e é um dos santos mais populares no Brasil.

A Paróquia São Judas Tadeu das cidades de São Miguel Arcanjo, Tatuí e Angatuba se preparam para comemorar a data do seu Santo Padroeiro. Em São Miguel Arcanjo, haverá Missa às 17h e 19h30, presidida pelo Pe. Renato de Góes Vieira. Para mais informações entre em contato com a secretaria paroquial através do telefone (15) 3279 4605.

Já na Paróquia São Judas Tadeu de Angatuba, a Santa Missa acontece às 18h e será presidida pelo Padre Leandro de Almeida Fogaça e em seguida haverá uma carreata pelas ruas da cidade e também a benção dos veículos. A celebração será transmitida “on-line” através da Página do Facebook da Paróquia. Para participar de forma presencial, o fiel deve comparecer ou ligar para a secretaria paroquial para reservar o seu lugar. O telefone é (15) 3255 4268 ou (15) 996892240.

Em Tatuí, a Missa no Santuário São Judas Tadeu acontece em dois horários: 07h e 19h30. Às 18h30 também será realizado o Santo Terço. A Missa também será transmitida ao vivo através do Facebook e Youtube do Santuário. A celebração será presidida pelo Pe. Lorival de Oliveira Pedro. Para outras informações entre em contato com a secretaria paroquial pelo telefone (15) 3251 3273.

São Judas Tadeu é um dos doze apóstolos de Jesus. Era filho de Cléofas (irmão de São José) e de Maria de Cléofas (irmã de Nossa Senhora). Assim, ele era primo de Jesus. Diziam que se parecia muito com o Mestre. São Judas era também irmão de São Tiago, chamado “O Menor”, e de São Simão. Ambos discípulos de Jesus. O nome Judas significa “Deus seja louvado”.

A história, baseada nos escritos apócrifos da “Paixão de Simão e Judas”, relata que depois de anunciar o Reino de Deus no Egito, Simão encontrou-se com Judas e eles foram evangelizar a Pérsia. Escritos do século VI descrevem o martírio de ambos.

Simão e Judas foram martirizados na Pérsia, na cidade de Sufian. Eles foram mortos por pregarem destemidamente a fé em Jesus Cristo. Por causa da pregação deles, grande foi o número de persas que se converteram ao cristianismo. Isso incomodou os poderosos da Pérsia. Por isso, foram condenados à morte. Vários estudiosos das escrituras acreditam que São Judas foi decapitado por carrascos que usavam como ferramenta o machado afiado. Esta era a pena capital mais usada pelos persas na época.

Muitos se converteram ao verem o testemunho destemido de São Judas diante da morte. O corpo de São Judas está sepultado na Basílica de São Pedro, no Vaticano. O Papa Paulo III escreveu uma bula concedendo indulgência plenária para todos aqueles que rezarem em seu túmulo no dia 28 de outubro, dia da sua festa.

Oração a São Judas Tadeu

(Para ser rezada em grandes aflições, quando parecemos desamparados de todo socorro visível ou para casos desesperados)

São Judas Tadeu, glorioso apóstolo, fiel servo e amigo de Jesus, o nome do traidor é causa de serdes esquecido por muitos, mas a Santa Igreja honra-vos e invoca-vos universalmente como padroeiro de casos desesperados, sem remédio. Intercedei por mim que sou tão miserável pondo em prática, eu vo-lo rogo, o privilégio particular que vos é concedido a fim de trazer ajuda pronta e visível onde isso é quase impossível. Vinde valer-me nessa grande necessidade para que eu possa receber as consolações e socorros do Céu em todas as minhas aflições, necessidades e sofrimentos, particularmente (aqui dizer a graça que deseja obter…) e que possa bendizer a Deus convosco e todos os eleitos por toda a eternidade. Eu vos prometo, bem aventurado São Judas Tadeu, ter sempre presente esta grande graça e não cessar de honra-vos, como meu especial e poderoso Padroeiro e farei quanto possa para espalhar a devoção para convosco. Amém.

São Judas Tadeu, rogai por nós e por todos os que vos honram e vos invocam.

Rezar um Pai-Nosso, uma Ave-maria e um Glória ao Pai

 

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK