Paróquias realizam noites da misericórdia durante o tempo quaresmal

Com a Quarta-feira de Cinzas, a Igreja dá início à Quaresma que se estende até o por do sol da Quinta-feira Santa. Neste tempo litúrgico, os cristãos são convidados a se preparar para viver os mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Ao longo dos quarenta dias somos chamados a viver um tempo de penitência, contrição e conversão espiritual.

Para isso, a Igreja propõe aos fieis a prática de obras de conversão, como: o Sacramento da Reconciliação – uma boa confissão (clara, objetiva, concreta e completa) –; praticar o perdão; crescer no espírito fraterno e praticar as obras de misericórdia.

Visando oportunizar a confissão neste tempo forte da Igreja, as Regiões Pastorais de nossa Diocese realizam as “Noites de Misericórdia” que acontecem cada noite em uma Paróquia de acordo com o calendário de cada região pastoral. Informações em sua Paróquia.

 

Sacramento da Confissão

O sacramento da penitência é a volta a Deus. Quase todos os dias, caímos e levantamo-nos. Pequenas quedas e grandes tombos. Ninguém quer ficar no chão. Pisamos em falso, porque não enxergamos bem os passos e o caminho de Jesus. Erramos de caminho. Atrapalhamos a caminhada uns dos outros. Mas o Nosso Bom Deus sempre nos dá a mão, a fim de que nos deixemos conduzir no caminho d’Ele, que é o caminho da irmandade. Aqueles que se aproximam do sacramento da penitência obtêm da misericórdia divina o perdão da ofensa feita a Deus e, ao mesmo tempo, são reconciliados com a Igreja que feriram, pecando contra ela; e esta colaborará para a conversão desses com caridade, exemplo e oração. O sacramento da confissão foi instituído pelo próprio Jesus Cristo, com o qual o sacerdote perdoa os pecados cometidos depois do batismo.