Padres

Pe. André Luiz Garcia Corrêa

Formação em Seminário: Seminário Diocesano São João Paulo II – Diocese de Itapetininga

Ordenação Diaconal: 10 de Agosto de 2.007, na Catedral de Nossa Senhora dos Prazeres – Itapetininga/SP Ordenação Presbiteral: 29 de agosto de 2.008, na Paróquia Santa Cruz – Tatuí/SP

Trabalhos Paroquiais: – Paróquia Santa Cruz – Vigário Paroquial – De Agosto/2008 à agosto/2.009 – Paróquia Bom Jesus de Quadra – Pároco – De agosto/2009 à setembro/2.011 – Paróquia Nossa Senhora das Dores – Pároco – De setembro/2.011 à Setembro/2.013. – Paróquia Bom Jesus do Bonfim – Vigário Paroquial – De Julho/2014 à Janeiro/2015. – Catedral Nossa Senhora dos Prazeres – Vigário Paroquial – De Fevereiro/2015 à 0utubro/2015. – Paróquia Nossa Senhora Aparecida – De Outubro/2.015

Atuais funções: Pároco da Paróquia Bom Jesus em Alambari/SP; Assessor da Pastoral Carcerária; Coord. da Pastoral da Comunicação da Sub-Região Sorocaba; e membro da equipe de coordenação do setor comunicação do Regional Sul 1 da CNBB.

Formação Acadêmica Graduação: Bacharel em Filosofia pela Universidade de Sorocaba – UNISO Bacharel em Teologia pelo Instituto Superior de Teologia João Paulo II Pós-graduado em Comunicação pela PUC/SP – Cogeae.

Atuação Profissional: 1.987 à 1.997 – Comandante da Guarda Mirim de Itapetininga 1.989 à 1.997 – Radialista da Rádio Difusora de Itapetininga e repórter da SP SUL TV de Itapetininga 1.999 à 2.003 – Repórter correspondente da Rede Vida de Televisão 1.996 à 2.000 – Soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo 2.010 à 2.013 – Apresentador da TV Século 21 2.012 à 2013 – Professor de Teologia da Comunicação no Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese de Sorocaba.

Dados Adicionais – Participação em 2 módulos do Curso de extensão acadêmica em Comunicação promovido pelo SEPAC; – Participação em diversos encontros e mutirão de comunicação a nível estadual e nacional; e – Cursos práticos em várias oficinas de comunicação, tais como: vídeo, internet, fotografia, jornal, assessoria de imprensa e comunicação na liturgia.

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK