Notícia Destaque Notícias da Diocese

São João Batista: Dom Gorgônio celebra missa on-line em Guareí nesta quarta-feira (24)

Nesta quarta-feira (24), celebramos a Solenidade da Natividade de São João Batista, para esta data, a Paróquia São João Batista de Guareí, divulga a programação em comemoração ao dia de seu padroeiro. Às 8h o Bispo Diocesano Dom Gorgônio, preside a celebração da Santa Missa diretamente da Paróquia São João Batista, que será transmitida ao vivo pela página oficial da Paróquia e também através da rádio Realidade 105.9 FM.

Logo após a Missa, Pe. Narciso de Jesus Iori,  irá percorrer  as ruas das cidade em carro aberto com a imagem de São João Batista, para que as famílias possam saudar o Santo Padroeiro.

Ás 18h, também haverá a celebração da Santa Missa, presidida pelo Pároco, Pe. Narciso, que também será transmitida on-line pelas redes sociais da Paróquia. Em seguida, uma “Live Solidária” será realizada para arrecadar fundos para a Paróquia, com leilão on-line,  vendas antecipadas de frango assado e a participação especial da Banda Mero Judá da cidade de Guareí.

Em Itapetininga, duas Missas serão celebradas na Paróquia São João Batista, em honra ao padroeiro. As missas serão presenciais  e o fiel deverá agendar sua participação através do telefone (15) 3373 2351. Logo após a Santa Missa, haverá barracas com a venda de mingau, curau,  e bolo de milho verde.

Solenidade do Nascimento de São  João Batista

A Igreja, solenemente, celebra o nascimento de São João Batista. Santo que, juntamente com a Santíssima Virgem Maria, é o único a ter o aniversário natalício recordado pela liturgia.

São João Batista nasceu seis meses antes de Jesus Cristo, seu primo, e foi um anjo quem revelou seu nome ao seu pai, Zacarias, que há muitos anos rezava com sua esposa para terem um filho. Estudiosos mostram que possivelmente depois de idade adequada, João teria participado da vida monástica de uma comunidade rigorista, na qual, à beira do Rio Jordão ou Mar Morto, vivia em profunda penitência e oração.

Pode-se chegar a essa conclusão a partir do texto de Mateus: “João usava um traje de pêlo de camelo, com um cinto de couro à volta dos rins; alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre”. O que o tornou tão importante para a história do Cristianismo é que, além de ser o último profeta a anunciar o Messias, foi ele quem preparou o caminho do Senhor com pregações conclamando os fiéis à mudança de vida e ao batismo de penitência (por isso “Batista”).

Como nos ensinam as Sagradas Escrituras: “Eu vos batizo na água, em vista da conversão; mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu: eu não sou digno de tirar-lhe as sandálias; ele vos batizará no Espírito Santo” (Mateus 3,11).

Os Evangelhos nos revelam a inauguração da missão salvífica de Jesus a partir do batismo recebido pelas mãos do precursor João e da manifestação da Trindade Santa. São João, ao reconhecer e apresentar Jesus como o Cristo, continuou sua missão em sentido descendente, a fim de que somente o Messias aparecesse.

Grande anunciador do Reino e denunciador dos pecados, ele foi preso por não concordar com as atitudes pecaminosas de Herodes, acabando decapitado devido ao ódio de Herodíades, que fora esposa do irmão deste [Herodes], com a qual este vivia pecaminosamente.

O grande santo morreu na santidade e reconhecido pelo próprio Cristo: “Em verdade eu vos digo, dentre os que nasceram de mulher, não surgiu ninguém maior que João , o Batista” (Mateus 11,11).

São João Batista, Rogai por nós!

PALAVRA DO BISPO

Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto

FACEBOOK