Rádio Conexão Católica

JUBILEU NA ÍNDIA: FRANCISCANOS PEDEM LIBERDADE PARA MIL PRISIONEIROS

Libertar mil prisioneiros, detidos por pequenos crimes nos cárceres indianos, concedendo aos presos um ‘indulto’ especial no Ano Jubilar.

Este foi o pedido que os franciscanos indianos fizeram ao governo, desejando que também a sociedade indiana possa ter uma marca do Ano Santo da Misericórdia convocado pelo Papa Francisco.

Segundo a Agência Fides, a iniciativa parte da “Associação de Famílias Franciscanas da Índia” (AFFI), uma rede que une no âmbito nacional mais de 50 mil franciscanos de várias congregações religiosas, masculinas e femininas, e também os leigos. Reunidos em sua assembleia nacional, em Bangalore, nos dias passados, os representantes de AFFI refletiram sobre o tema “Ser franciscanos: rosto da misericórdia de Cristo neste mundo”.

Os franciscanos na Índia se comprometeram principalmente na ajuda aos pobres e marginalizados através de instituições educacionais, médicas e obras sociais. “Como já estão envolvidos em obras de misericórdia corporais e espirituais, seguindo as pegadas de São Francisco e Santa Clara de Assis, o convite do Papa Francisco para o Jubileu da Misericórdia renovou uma motivação especial à missão dos franciscanos na Índia”, disse o Coordenador da Associação de Famílias Franciscanas da Índia, Pe. Nithiya Sagayam OFM Cap.

Agora, os franciscanos focalizaram a sua atenção na libertação dos prisioneiros detidos por pequenos crimes. Algumas obras sociais administradas pelos religiosos já acolheram presos ou ex presos que tiveram a pena comutada em serviços sociais. Agora, pretende-se iniciar negociações com as autoridades governamentais para obter um pequeno indulto, mas também para “guiar os ex detentos e fazer com que retomem a vida com dignidade e esperança”, concluiu Pe. Sagayam.