Rádio Conexão Católica

PADRE SEQUESTRADO POR TERRORISTAS NA SÍRIA NA MISSA COM O PAPA

O Sacerdote franciscano Dhiya Azziz, Pároco de Yacoubieh na Síria, libertado em janeiro após ter sido sequestrado por terroristas islâmicos, participou na missa na Casa Santa Marta, na manhã desta quinta-feira (25).

Na metade do ano passado, Padre Azziz, iraquiano de 42 anos, já havia sido vítima de um sequestro relâmpago, que se concluiu de forma positiva em poucos dias com a sua libertação. Em um primeiro momento as suspeitas se concentraram em militantes de al-Nusra, um ramo da al-Qaeda na Síria; no entanto, os líderes do movimento negaram qualquer envolvimento.

Desde o início do conflito sírio, as milícias jihadistas e os grupos de combatentes sequestraram expoentes da comunidade cristã local. Entre eles os Bispos Ortodoxos Boulos Yazigi e Mar Gregorios Youhanna Ibrahim, sequestrados em 22 de abril de 2013; Padre Paolo Dall’Oglio – ainda sem pistas do seu paradeiro – e o Sacerdote Padre Jacques Mourad, da Igreja sírio-católica, que ficou nas mãos do autoproclamado Estado islâmico durante cinco meses, antes de ser liberado.