Rádio Conexão Católica

Tem início a Congregação dos jesuítas: “a audácia do improvável”

A 36° Congregação Geral dos jesuítas teve início na tarde de domingo (02/10) com a missa presidida pelo Mestre da Ordem dos Pregadores, Pe. Bruno Cadoré, na Igreja de Jesus, no centro histórico de Roma.

Segundo uma tradição consolidada, o Superior dos dominicanos é convidado a celebrar o funeral do Prepósito dos jesuítas. Neste caso, ao invés, foi convidado a presidir a celebração eucarística de abertura da Congregação Geral.

Em sua homilia, pe. Bruno Cadoré se inspirou nas leituras do dia e comentou o pedido dos apóstolos a Jesus: “Senhor, aumentai a nossa fé”. Esta é a atitude no início desta Congregação Geral, explicou o dominicano, exortando os jesuítas a ousarem a “audácia do improvável”.

“A audácia para mirar no improvável foi a característica de Inácio quando fundou a Companhia de Jesus”, disse ainda Pe. Cadoré, que citou uma oração de Loyola:

“Senhor Jesus, ensine-nos a ser generosos, a amá-Lo como merece, a dar sem contar, combater sem nos preocupar das feridas, trabalhar sem buscar repouso, dedicar-nos sem esperar outras recompensas que não seja aquela de saber que fazemos a sua Santa vontade.”

A primeira tarefa dos 215 membros será aceitar a renúncia de Pe. Adolfo Nicolás, depois da qual se procederá à eleição do novo Geral e à discussão do estado atual da Companhia.