Rádio Conexão Católica

Terremoto: Papa visita Pescara e Arquata del Tronto

O Papa Francisco visitou, nesta terça-feira (04/10), as cidades italianas de Amatrice, Accumoli, Pescara del Tronto e Arquata del Tronto devastadas pelo terremoto de 24 de agosto passado que causou 295 mortos.

Depois de visitar Amatrice, o Papa foi à Casa de Saúde San Raffaele, em Borbona, Província de Rieti, que acolhe doentes crônicos e não autossuficientes. Ali, saudou 60 pacientes, dentre os quais muitos idosos deslocados por causa do abalo sísmico. O Pontífice permaneceu ali um longo tempo e almoçou com eles.

Após o almoço, Francisco visitou o Comando do Corpo de Bombeiros, em Cittareale, base para as áreas do terremoto. Dali, se dirigiu a Accumoli, uma das cidades mais afetadas pelo sismo, onde saudou várias pessoas na Praça São Francisco, incluindo o Prefeito da cidade, Stefano Petrucci. O Papa rezou diante da igreja de São Francisco destruída pelo terremoto.

De Accumoli, o Papa se dirigiu a Pescara del Tronto, nas Marcas, onde parou três vezes ao longo do caminho para saudar pequenos grupos de pessoas.

Pouco antes da 14h, o Santo Padre chegou a Arquata del Tronto e ali saudou mais de 100 pessoas, dirigindo-lhes algumas palavras. Rezou com elas uma Ave Maria, pedindo pelos seus entes queridos que morreram no abalo sísmico. O Papa visitou a escola adaptada debaixo de uma tenda.

“Eu quis estar perto de vocês neste momento e dizer-lhes que tenho vocês no coração. Sei de seus sofrimentos, angústias e também de seus mortos. Estou com vocês. Por isso, quis estar aqui hoje”, disse o Pontífice aos sobreviventes do terremoto em Arquata.

“Coragem! Sempre adiante! Os tempos mudarão e será possível continuar. Estou com vocês”, concluiu.

Na visita a Pescara e Arquata del Tronto o Papa foi acompanhado pelo Bispo de Ascoli Piceno, Dom Giovanni D’Ercole.